Voluntários da Unimed prontos para a sala de aula

Doar seu tempo e seu conhecimento para compartilhar com adolescentes um pouco de sua experiência profissional, foi o que motivou 21 voluntários a participarem, na manhã e tarde da última sexta-feira, 13 de julho, da capacitação promovida pela Unimed Brusque em parceria com a Junior Achievement (JA-SC).

Os profissionais, sendo 18 da Cooperativa e três de outras empresas de Brusque, receberam a capacitação de duas metodologias ‘Vantagens de permanecer na escola’ e ‘Conectados com o amanhã’ e agora estão aptos a aplicá-las aos estudantes dos 8º e 9º anos de quatro escolas da rede municipal de ensino de Brusque: EEF Georgina Carvalho Ramos da Luz, EEF Companheiro Oscar Maluche, EEF Professora Augusta Knorring e EEF Luiz Gonzaga Steiner.

De acordo com a coordenadora de projetos da JA de Santa Catarina, Jessica Vieira, que aplicou a capacitação da metodologia ‘Vantagens de permanecer na escola’, a proposta é levar aos adolescentes dos anos finais do Ensino Fundamental a importância de continuarem seus estudos e de vislumbrarem um futuro promissor em uma profissão. “A metodologia é voltada a jovens dessa idade justamente porque muitos desistem de estudar ao concluírem o Ensino Fundamental. A proposta é de mostrar o caminho que eles podem ter permanecendo na escola. E ter voluntários, pessoas que querem doar o seu tempo, deixar suas coisas de lado para assumir tal missão, é muito importante e precisamos disso. Com essas pessoas, com a parceria que temos com a Unimed Brusque, conseguimos beneficiar mais jovens a cada ano”, enfatiza Jessica.

Já Barbara Vieira, também coordenadora de projetos da JA, aplicou a capacitação da metodologia ‘Conectado com o Amanhã’, cujo objetivo é mostrar aos jovens a importância de se preparar para se inserir no mercado de trabalho, e mais do que isso, de dar continuidade aos estudos, ter sua própria formação, seja um curso técnico, tecnólogo, uma faculdade, uma pós-graduação, mestrado, doutorado, MBA, etc. “A ideia é mostrar para os jovens as possibilidades que eles têm a partir do momento em que concluírem o Ensino Médio. E é um programa que casa muito bem com a metodologia ‘Vantagens de permanecer na escola’. Nossa proposta aqui hoje é a de capacitar os voluntários da Unimed Brusque para que possam levar um pouquinho da realidade do mundo empresarial, para dentro da sala de aula. O programa é dividido em cinco aulas de 45 minutos, mas que podem ser aplicadas durante uma manhã ou tarde, e que trabalham as possibilidades que o jovem tem de estudos e carreiras, as competências, habilidades e atitudes que ele deve ter para se colocar no mercado de trabalho, a importância de um feedback, entre outros temas pertinentes. Também aliamos a isso algumas dinâmicas, um inventário de carreiras, para que eles comecem a pensar no futuro. Fazemos ainda um planejamento de como ele se imagina daqui 20 anos, e uma escadinha: como ele estará daqui 5, 10 ou 15 anos. Porque é importante saber onde ele gostaria de estar, mas que atitudes ele precisa ter a partir de hoje para conquistar seus objetivos”, explica.

Na avaliação de Barbara, a parceria com a Unimed Brusque é fundamental para a JA, que tem como meta atender 60 mil jovens em Santa Catarina. “A Unimed Brusque é uma das poucas empresas do município que têm essa preocupação e esse cuidado com a sociedade, com os estudantes e é uma parceria muito importante para nós”, destaca.

Este é o quinto ano que a Unimed Brusque oferece aos seus colaboradores a oportunidade de participarem do programa de voluntariado, através da parceria com a Junior Achievement. “A proposta é que eles possam levar um pouco desse conhecimento de vida para a sala de aula, estimulando o adolescente a continuar os estudos, a pensar em uma carreira, em uma nova proposta de vida e possa ter um futuro melhor. Estamos com 21 voluntários, mas este número deve aumentar para 25 ou 26. Para a Unimed Brusque é uma satisfação, temos visto o quanto os nossos colaboradores que vão para as salas de aula, voltam gratificados em poder passar esse conhecimento, em inspirar esses adolescentes a realmente mudarem de vida, a começarem a pensar no futuro deles. O colaborador é dispensado daquela hora de serviço para ir à sala de aula e isso para a Unimed Brusque, significa um pouquinho da nossa doação, da nossa contribuição para uma educação melhor a esses jovens”, ressalta a assistente social da Unimed Brusque, Camile Rebeca Bruns.

Satisfação renovada

É o terceiro ano consecutivo que a assistente de cadastro Poliana Siqueira Bittencourt participa do Programa de Voluntariado Corporativo da Unimed Brusque. Ela integra a equipe de voluntários que recebeu a capacitação da metodologia ‘Conectado com o amanhã’ e gostou muito da forma dinâmica com que o tema será abordado em sala de aula. “Vamos passar essa metodologia aos estudantes do 9º ano e percebi, na capacitação, que é um programa bastante envolvente, porque trata de questões do dia a dia das empresas. Acredito que os adolescentes vão conseguir extrair muita coisa positiva desse programa, pois logo estarão entrando no mercado de trabalho. Estou bem empolgada para apresentar isso na sala de aula com a voluntária parceira do setor de Mercado e Marketing. Além disso, é importante parabenizar as escolas que abrem as portas para que possamos levar esse conteúdo aos alunos. É realmente uma troca que temos com eles, onde dividimos nossas experiências”, frisa.

A mesma opinião é compartilhada pela telefonista Luzia Madruga da Silva, que também participa pela terceira vez do Programa de Voluntariado. “A capacitação é de extrema importância para nós voluntários, pois nos proporciona momentos de aprendizado ao mesmo tempo em que nos auxilia em como levar esse conhecimento para a sala de aula. Já é o meu terceiro ano como voluntária e pretendo continuar nessa missão, pois sinto uma satisfação imensa em fazer parte de um projeto tão importante como esse, e ter a oportunidade de incentivar os jovens a acreditarem em seu próprio potencial. É muito interessante ver que a Unimed Brusque prioriza os projetos sociais, motivando nós, seus colaboradores, a participarmos, a levarmos nossos conhecimentos e ao mesmo tempo aprendermos com a experiência de fazer parte desse projeto”, analisa.

Deixe sua opinião