Voleibol: Samae Brusque firma convênio com Abel

Associação atende cerca de 980 alunos e receberá doações a partir da tarifa mensal de água dos contribuintes que quiserem ajudar;

Um dos maiores projetos sociais esportivos de Brusque passou a contar desde a última segunda-feira, 21 de novembro, com o apoio do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque. Trata-se da Associação Brusquense de Esporte e Lazer (Abel) que, há quase quatro anos, de maneira gratuita, ensina crianças e adolescentes a serem cidadãos mais íntegros através do voleibol, sabidamente um dos esportes mais populares do país.

A partir de agora, todo o contribuinte brusquense poderá reservar um valor pré-determinado em sua tarifa mensal de água para contribuir com o custeio da entidade. Os valores arrecadados serão de livre utilização da Abel e sem qualquer tipo de taxação. Diferente do que ocorre atualmente com a entidade social, que até recebe recursos federais, mas possuem limitações com a sua utilização.

A assinatura do convênio ocorreu na sala da presidência do Samae Brusque, contando com a presença do presidente da Abel e, também, treinador da seleção brasileira de voleibol de base, Maurício Thomas, além da diretora-presidente da autarquia, Fabiana Dalcastagné. Para Maurício, um grande acontecimento que irá ajudar e muito a continuidade do projeto que atende o surpreendente número de 980 alunos em 18 núcleos espalhados pelas escolas públicas brusquense e, também, na Arena Brusque.

“Sem a parceria do poder público e do poder privado a gente não consegue atender a quantidade de pedidos que a gente tem dentro da Abel. Então, o convênio hoje com o Samae nos vai proporcionar uma possibilidade de oferecer para a comunidade brusquense uma forma simbólica de ajudar o projeto. Precisamos de apoio e qualquer ajuda é bem vinda para que possamos repassar isso às crianças”, afirmou Thomas.

Responsabilidade social

Dalcastagné, durante entrevista, ressaltou que, além da captação, tratamento e abastecimento de água para toda a população brusquense, é uma preocupação do Samae Brusque auxiliar projetos que tragam benefícios para a sociedade. “A gente já vem acompanhado há bastante tempo os resultados significativos que a Abel vem conquistando. Por ser uma autarquia municipal, o Samae não pode fazer doações para entidades. A lei do Samae não permite. Mas esse convênio foi possível e é bem interessante”, frisou.

A diretora-presidente também explicou que a iniciativa de buscar apoio com o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Brusque partiu do vereador Moacir Giraldi, que foi procurado por Thomas. A intenção, primeiramente, era solicitar o repasse de valores do imposto de renda da autarquia para a associação esportiva. Porém, por ser uma empresa pública, o Samae é isento desta cobrança. “Mesmo assim a gente sentou, conversou e com base na lei municipal 2298/98 a gente firmou esse convênio para que a Abel, através de seus alunos e associados, consiga ir atrás das doações nas tarifas de água. O Samae vai recolher todo esse dinheiro e repassar na totalidade para a Abel”.

Pessoas físicas e jurídicas podem realizar doações para a Associação Brusquense de Esporte e Lazer.

Deixe sua opinião