UNIFEBE promove Ciclo de Debates alusivo aos 10 anos da Lei Maria da Penha

O evento será realizado gratuitamente, e aberto a comunidade, no auditório do Bloco C, campus Santa Terezinha, a partir das 18h30. O ciclo de debates é organizado pelo Laboratório de Cidadania e Educação em Direitos Humanos da UNIFEBE.

— Nossa proposta é promover este ciclo de debates envolvendo a temática, com abordagens atuais de casos que envolvam a violência contra a mulher, Revenge Porn, por exemplo, com as novas perspectivas frente ao contexto tecnológico e midiático de violência de gênero. Isto, com o intuito de oferecer um espaço acadêmico para o aprendizado, reflexão crítica e o debate, desde diferentes perspectivas teóricas, com a contribuição de profissionais de diversos setores jurídicos — explica a professora Danielle Mariel Heil.

Programação

17/11/2016 – Quinta-feira

Tema: “Os 10 Anos Da Lei Maria Da Penha”

Início: 18h30

Debatedores

– Coordenadora do Curso de Direito da UNIFEBE, Advogada e Professora Anna Matoso Camargo

– Promotora de Justiça da comarca de Gaspar-SC, Dra. Chimelly Louise Marcon, com atuação no combate à violência doméstica;

– Professora da disciplina de Direito Internacional, Mestranda em Ciências Jurídicas pela UNIVALI, Danielle Mariel Heil;

– Agente Danielle Amorim Silva, primeira Diretora do presídio misto de SC;

– Dra. Susana Perin Carnaúba, Promotora de Justiça, com atuação no combate à violência doméstica;

18/11/2016 – Sexta-feira

Tema: “Violência De Gênero, Discriminação E Violação Da Dignidade Humana”

Debatedores

– Professora Anna Elisa do Nascimento, Biomédica e Professora da disciplina de Medicina Legal;

– Procuradora do Município de Brusque, Elisângela Hussar Melo, pesquisadora dos efeitos da discriminação de gênero e violência contra a mulher no âmbito do trabalho;

– Psicóloga Alana Bodanese Wouters, autora de projeto de atendimento às vítimas de abuso sexual e agressores domésticos.

– Psicóloga e Psicanalista Vanessa Pieta, com atuação voltada ao atendimento de adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Deixe sua opinião