Tuta lamenta atraso na pavimentação da rua das Tulipas e defende a continuidade das obras do PAC

Vereador também falou sobre os dados apresentados por José Zancanaro em defesa de Raimundo Colombo

Em pronunciamento durante a sessão ordinária desta terça-feira, 20, o vereador Claudemir Duarte, o Tuta (PT), comentou os pedidos de informação de sua autoria relacionados ao cronograma da pavimentação asfáltica da rua das Tulipas, no bairro Rio Branco, e aos prazos fixados para a execução e conclusão da obra. Ele destacou que os moradores locais já pagaram pelos serviços, que agora só serão realizados devido à intervenção do Ministério Público.

“A comunidade aceitou a parceria [com a Prefeitura], mas a rua está no barro. A gente fica um pouco entristecido porque quando estava na administração, sabia que haveria condições de fazer”, afirmou Tuta, relembrando que o acordo entre moradores e Prefeitura ocorreu ainda no governo Paulo Eccel (PT). “Muitos anos se passaram – 2016, 2017, 2018 – e naquela época a comunidade já estava pagando”, acrescentou.

PAC

Num segundo momento, o parlamentar defendeu a continuidade das obras realizadas por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC): “Podem até dormir com isso com infelicidade, mas se não tivéssemos buscado recursos no Governo Federal na época do prefeito Paulo Eccel, o povo teria que se acostumar a viver dentro d’água, porque não teria recurso para essas obras”, salientou.

“Eu sei que todos os secretários passam por problemas com as obras. Já citei várias vezes o PAC do Centro, que foi muito bem executado, e rápido [durante o governo de Roberto Prudêncio Neto], então, tem que assumir e tocar essas obras, porque elas trarão qualidade de vida para os munícipes”, ressaltou.

Tuta observou, ainda, que um requerimento de sua autoria pede ao prefeito que cumpra a Lei Municipal nº 3.839/2015, que “obriga a publicação, no site da Prefeitura Municipal de Brusque, de todas as obras públicas em execução no município, contendo: foto, local da obra, descrição do serviço, prazo de início e conclusão, e o valor orçado”. A proposição registra que a divulgação das informações auxilia o trabalho de fiscalização dos vereadores, “além de permitir um diálogo franco e aberto com a população, que poderá acompanhar as ações do Executivo e estimar o tempo para consecução das suas demandas”.

Colombo

Ao finalizar, Tuta rebateu dados apresentados por José Zancanaro (PSB), na mesma sessão, em relação aos investimentos do Governo do Estado em Brusque durante a gestão de Raimundo Colombo (PSD). Muitos dos valores expostos, afirmou, são oriundos de emendas parlamentares – assinadas, por exemplo, pelo deputado federal Rogério Mendonça, o Peninha (MDB) – e grande parte dos recursos para a duplicação da rodovia Antônio Heil foram disponibilizados pelo Governo Federal. “Se ele [Colombo] descobriu que a cidade de Brusque existe, já estou feliz”, concluiu o orador.

Deixe sua opinião