TRECHO DA RUA SÃO PEDRO VOLTA A SER INTERDITADO NESTE FIM DE SEMANA

Na manhã desta sexta-feira (23), a rua São Pedro, nas proximidades da rua Antônio Imhof e do comércio de pneus StopCar, volta a passar por novas intervenções previstas na execução da obra de macrodrenagem Bacia São Leopoldo/São Luiz. Neste primeiro momento, durante toda a sexta-feira, o sentido bairro/centro da via estará interditado, sendo liberado o trânsito de veículos apenas em meia pista.
De acordo com o secretário de obras, Gilmar Vilamoski, a rua tem o fluxo de veículos completamente interrompido na manhã de sábado (24), quando a equipe dá início a confecção das caixas de passagem. “A interdição começa do pontilhão em frente ao posto de combustível e segue até a rua Antônio Imhof. Os trabalhos já estavam programados e visam interligar as galerias de 5X2 metros implantadas nas duas vias. Além de ser essencial, complementa o conjunto de ações concluídas até o momento na localidade”.
DESVIOS
A Secretaria de Obras junto a Secretaria de Trânsito e Mobilidade pede a atenção dos motoristas durante a execução das obras em meia pista, e informa que durante a interdição total da via, os condutores vindos da rua Blumenau que pretendem acessar a rua São Pedro após a sorveteria Maroma deverão utilizar a rua Carlos Henrique Bruns. Os provenientes da rua São Pedro poderão optar pelo acesso pela rua Guilherme Wegner, rua Medeiros, rua São Leopoldo na altura de semáforo, rua Paulo Bauer ou ainda pela rua Pedro Gracher. Haverá placas de sinalização e o auxílio da Guarda Municipal de Trânsito no local.
BACIA SÃO LEOPOLDO/SÃO LUIZ
Os serviços da Bacia de macrodrenagem tiveram início com a implantação de galerias de 5 x 2 metros, da rua São Pedro até a rua Antônio Imhof. Após a conclusão da confecção das caixas de passagem, a obra segue pela vala em terrenos particulares até chegar na rua São Leopoldo, nas proximidades da tinturaria Florisa, com o assentamento de peças de 3 x 2 metros. A Bacia termina na rua Daniel Imhof, onde parte das peças implantadas serão de 3 x 1 metros e o restante, com tubos de 1,5 metro de diâmetro.
O secretário, Gilmar Vilamoski, frisa que o objetivo principal das obras na localidade é acabar com os alagamentos que atingem principalmente as proximidades da Capela Cristo Rei, rua São Leopoldo e Daniel Imhof. Ao todo 2060 metros passarão pelas intervenções da obra de macrodrenagem. “É importante lembrar que esta obra foi iniciada em maio de 2014, quando a empresa responsável executou um enrocamento nas margens do ribeirão nos fundos da rua Otto Heckert, no bairro São Luiz.

Por conta das definições do deslocamento da tubulação de gás permaneceu paralisada até setembro. Em outubro, foi necessário o deslocamento da tubulação da SCGÁS para que fosse possível o assentamento das peças, que em novembro começaram a ser implantadas na rua São Pedro. Estamos satisfeitos com os avanços dos serviços. Buscamos em primeiro lugar minimizar os impactos para a população mas, entendemos e reforçamos que a obra com certeza mudará a realidade dos moradores locais, que hoje vivem receosos nos dias de chuva”.

Deixe sua opinião