SUICÍDIO: “O IMPORTANTE É QUE OS PAIS SE ABRAM AO DIÁLOGO”, DIZ PSICÓLOGO.

 

Em entrevista exclusiva ao JORNAL EM FOCO, o Psicólogo Fillipe Martinenghi falou um pouco sobre um tema que vem sendo muito discutido na sociedade: SUICÍDIO!

O assunto vem sendo muito abordado, principalmente depois de vários jovens aderirem a um jogo, que induz os jovens a atentarem contra a própria vida, e já fez várias vítimas.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE EXPLICA A GRANDE ADESÃO DOS JOVENS EM UM JOGO, QUE O OBJETIVO É TIRAR A PRÓPRIA VIDA?

 

FILLIPE MARTINENGHI: Nem todos os jovens, e nem a maioria que se atraem por esse jogo. Mas sim os jovens que já estão com uma fragilidade emocional, que já pensam em suicídio. Porque se pensa que o jogo convence as pessoas a fazer isso, mas não. Ele atrai pessoas que já estão com dificuldades ou com problemas e isso é só mais um motivo para eles, infelizmente.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE PODE LEVAR UMA PESSOA AO SUICÍDIO? E QUAL A IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL NESSE CASO?

 

FILLIPE MARTINENGHI:  A pessoa que pensa em tirar a própria vida, ela está em um estado de sofrimento e agonia muito grande.O ator Robin Williams, deixou uma frase antes de cometer o suicídio, pouco tempo atrás , e que dizia: “O suicídio é uma solução permanente para problemas temporários”. Uma grande dificuldade que percebo entre meus clientes, que é lidar com as emoções, e quando eles não conseguem lidar com isso, acaba ganhando mais problemas.Então a importância da psicoterapia para isso é de que o paciente aprenda a lidar com isso, e encontre outras saídas para se sentir melhor.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE OS PAIS PODEM FAZER, NESSES CASOS?

 

FILLIPE MARTINENGHI: Nesse momento é importante não agir de forma punitiva, porque quem está sofrendo, ou está passando por qualquer dificuldade , uma pessoa em depressão ou pensando em suicídio, ela já está com a auto estima baixa, então nesse momento ela não precisa de ninguém sendo hostil com ela, e sim alguém aberto ao diálogo, e que escute e se interesse por ela.

 

Em entrevista exclusiva ao JORNAL EM FOCO, o Psicólogo Fillipe Martinenghi falou um pouco sobre um tema que vem sendo muito discutido na sociedade: SUICÍDIO!

O assunto vem sendo muito abordado, principalmente depois de vários jovens aderirem a um jogo, que induz os jovens a atentarem contra a própria vida, e já fez várias vítimas.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE EXPLICA A GRANDE ADESÃO DOS JOVENS EM UM JOGO, QUE O OBJETIVO É TIRAR A PRÓPRIA VIDA?

 

FILLIPE MARTINENGHI: Nem todos os jovens, e nem a maioria que se atraem por esse jogo. Mas sim os jovens que já estão com uma fragilidade emocional, que já pensam em suicídio. Porque se pensa que o jogo convence as pessoas a fazer isso, mas não. Ele atrai pessoas que já estão com dificuldades ou com problemas e isso é só mais um motivo para eles, infelizmente.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE PODE LEVAR UMA PESSOA AO SUICÍDIO? E QUAL A IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL NESSE CASO?

 

FILLIPE MARTINENGHI:  A pessoa que pensa em tirar a própria vida, ela está em um estado de sofrimento e agonia muito grande.O ator Robin Williams, deixou uma frase antes de cometer o suicídio, pouco tempo atrás , e que dizia: “O suicídio é uma solução permanente para problemas temporários”. Uma grande dificuldade que percebo entre meus clientes, que é lidar com as emoções, e quando eles não conseguem lidar com isso, acaba ganhando mais problemas.Então a importância da psicoterapia para isso é de que o paciente aprenda a lidar com isso, e encontre outras saídas para se sentir melhor.

 

JORNAL EM FOCO: O QUE OS PAIS PODEM FAZER, NESSES CASOS?

FILLIPE MARTINENGHI: Nesse momento é importante não agir de forma punitiva, porque quem está sofrendo, ou está passando por qualquer dificuldade , uma pessoa em depressão ou pensando em suicídio, ela já está com a auto estima baixa, então nesse momento ela não precisa de ninguém sendo hostil com ela, e sim alguém aberto ao diálogo, e que escute e se interesse por ela.

Deixe um Comentário