Sobe para 12 o número de mortos por gripe A em SC

Chega a 12 o número de mortos por gripe em Santa Catarina, conforme o boletim mais recente do Diretoria de Vigilância Epidiomiológica de Santa Catarina (Dive-SC), que compila dados da doença de 31 de dezembro de 2017 a 13 de junho deste ano.

Dos 12 mortos, 6 foram diagnosticados pelo subtipo A (H1N1), 5 pelo subtipo A (H3N2) e 1 (8,3%) está aguardando a subtipagem. A maioria dos pacientes era de idosos ou pessoas com fator de risco associado, como obesidade, portadores de doenças crônicas e bebês.

Até agora, são 136 casos confirmados para Influenza: 112 evoluíram para a cura, 12 morreram e 12 ainda aguardam conclusão da investigação.

Desses casos, 71 foram confirmados para o vírus A(H1N1), 53 pelo vírus A(H3N2), 8 pelo vírus Influenza B e 4 aguardam subtipagem.

Local das mortes

Florianópolis: 3 mortes

Blumenau e Jaraguá do Sul: 2 mortes cada

Leoberto Leal, Nova Trento, São José, São Miguel da Boa Vista e Videira : 1 morte cada.

Cidades com registros confirmados da doença:

  • Florianópolis: 20 casos.
  • Blumenau, São José e Tubarão: 13 casos.
  • Laguna: 7 casos.
  • Criciúma: 6 casos.
  • Joinville: 5 casos.
  • Biguaçu e Ituporanga: 4 casos cada.
  • Araranguá, Braço do Norte, Itajaí, Jaraguá do Sul e Palhoça, com 3 casos cada; Chapecó, Itapema, Leoberto Leal, Maravilha, Rodeio, Santo Amaro da Imperatriz, Tijucas e Videira: 2 casos cada.
  • Apiúna, Balneário Camboriú, Brusque, Camboriú, Canelinha, Concórdia, Içara, Irani, Lebon Régis, Nova Trento, Nova Veneza, Pescaria Brava, Porto União, São Bento do Sul, São Ludgero, São Miguel do Oeste, Schroeder e Timbó: 1 caso cada.

Idades

A maioria, 39 casos confirmados, ocorreu com pessoas acima de 60 anos. Vinte e um casos foram diagnosticados em pacientes com idades entre 50 e 59 anos.

Ainda, 18 casos foram identificados em pacientes entre 20 e 29 anos. Outros 12 foram em adolescentes entre 10 e 19 anos.

Além disso, 11 casos foram diagnosticados em crianças menores de 2 anos, 10 casos em pessoas com idades entre 30 e 39 anos, 9 em crianças entre 5 e 9 anos.

Por último, três casos foram de crianças com idades entre 2 e 4 anos.

Dos 136 casos confirmados, 93 apresentaram algum fator de risco associado, 39 eram idosos, 31 eram portadores de doenças crônicas, 11 eram crianças menores de 2 anos, 4 eram gestantes e 8 eram obesos.

Conteúdo G1

Deixe sua opinião