Sempre é tempo de doar sangue

Mais de 20 pessoas participaram da primeira edição da Campanha de Doação de Sangue de Guabiruba realizada no sábado, 23, e que a partir de junho de 2018 se torna permanente. Os interessados entram em contato com a Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone 47 3308-3101 e deixam seus dados. Assim que um grupo de aproximadamente 20 doadores se formar, é realizado o agendamento com o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (HEMOSC), em Blumenau, e um veículo da secretaria é disponibilizado para o transporte, bem como o acompanhamento.

“Estou aqui para ajudar o próximo”, fala Eli Lima, doadora há uma década e integrante do time de Guabiruba que acordou cedo no sábado para ir a Blumenau. Experientes na doação ou nem tanto, o que move a atitude nos participantes é a possibilidade de auxiliar alguém que precisa. “Acho muito legal ajudar os outros”, diz Raquel Meiring, 19 anos, sentada na cadeira de doador pela primeira vez. Ela conta que a irmã ficou sabendo da campanha pelas redes sociais e ela decidiu colaborar. Já Daysi Ebele, 20 anos, juntou-se ao grupo seguindo o exemplo dos familiares: “Toda minha família é doadora, então quis participar”.

A doadora Viviane Maria Suavi reuniu seis pessoas do seu trabalho, do grupo da SIPAT ¨Bem Nunca Para¨ em prol da causa e Matias Kormann, 57 anos, registrou mais uma doação nos mais de 20 anos que deixa seu sangue à disposição do HEMOSC.

A coordenadora da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde de Guabiruba, Ana Luiza Erthal Scharf, explica que a campanha de doação de sangue segue a linha da realizada no ano passado e chamada Fios de Alegria, a qual incentivou a doação de cortes de cabelos para confecção de perucas. “Temos levado cabelos com frequência para o departamento de Oncologia do Hospital Santo Antônio, de Blumenau. A ação iniciou com uma campanha pontual e se tornou permanente. O mesmo ocorre com a doação de sangue, que é fundamental e necessária durante o ano todo”, pontua.

Deixe sua opinião