Semana Consciência de Proteção promove atividades e palestras para relembrar 10 anos do “Desastre de 2018”

Durante todo o mês de novembro, a Secretaria de Estado da Defesa Civil promove, em parceria com os municípios catarinenses, uma série de atividades para relembrar a passagem dos 10 anos do “Desastre de 2008”, quando 135 pessoas perderam a vida no Vale do Itajaí, e fomentar o debate e reflexão sobre a importância das políticas nacionais e internacionais de Redução de Risco e Desastres (RRD).

Neste período, os municípios de Balneário Camboriú,  Balneário Piçarras, Barra Velha, Bombinhas, Brusque, Blumenau, Camboriú, Canelinha, Gaspar, Itapema, Itajaí, Ilhota,  Luiz Alves, Massaranduba, Navegantes, Porto Belo, Penha, São João do Itaperiú e Tijucas realizam diversas atividades preventivas como Rotas de Fugas em escolas, caminhadas ecológicas, passeios ciclísticos, simulados, sessão solene na Câmara de Vereadores, exposição de fotos, inauguração de memoriais, plantio de mudas, e a participação no Concurso de Desenhos, entre outras, visando ampliar a consciência de proteção na população e nas escolas.

A partir do dia 19, terá início a “Semana Consciência de Proteção” com a realização de uma grande palestra, transmitida para todo o Estado pela Defesa Civil. Os palestrantes serão o Secretário de Estado da Defesa Civil, Sr. João Batista Cordeiro Junior, e o prof. Francisco Costa, da Universidade do Minho – Portugal. O tema será a redução de Riscos de Desastres, Resiliência e Governança: perspectivas no quadro de Sendai.

No dia 22 será realizado, em Itajaí, o Seminário Regional Fortalecimento da Cooperação e Resiliência, no Centreventos Governador Luiz Henrique da Silveira. No evento, será realizada exposição das agências que atuam na resposta a desastres e organizações de ensino que produzem conhecimento a respeito de riscos e desastres.

O seminário também contará com a presença do Promotor da ONU (Campanha Cidades Resilientes), Sidnei Furtado, e Moema Dutra Freire, representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Para finalizar, será realizada uma Ação Social no Morro do Baú, em Ilhota, no dia 24 de novembro, envolvendo o município e a comunidade, com a participação de diversas agências e organizações de resposta aos desastres como CBMSC, PMSC, SAMU, Exército, SESC, entre outras.

Deixe sua opinião