Saneamento Básico é destaque em mesa-redonda na UNIFEBE

Um dos graves problemas que o Brasil enfrenta é a falta do saneamento básico, que prejudica o bem-estar físico, mental e social de inúmeras comunidades. Para informar, refletir e debater o assunto, a UNIFEBE promove segunda-feira, 31 de outubro, a mesa-redonda “Saneamento Básico e Direitos Humanos” às 19h, no auditório do Bloco C.

O debate, organizado pelo Laboratório de Cidadania e Educação em Direitos Humanos da UNIFEBE, contará com a presençade representantes de entidades como Fundema e Samae, além dos prefeitos de Guabiruba Matias Kohler, de Botuverá José Luiz Colombi e o prefeito eleito de Brusque Jonas Oscar Paegle.

Segundo o supervisor de extensão da UNIFEBE, Claudemir Marcolla, é papel da universidade promover o debate e instigar a participação de todos na busca de soluções para resolver a situação.

— Somos uma universidade comunitária, então, é nossa missão promover esse debate, que tem o objetivo refletir sobre a atual situação do saneamento básico de nossa região e conhecer os projetos de nossos gestores — conta.

O evento é aberto a comunidade.

Deixe sua opinião