Rodovia Antônio Heil pode ter posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv)

Em meio ao andamento de sua duplicação, a rodovia Antônio Heil (SC-486) pode ganhar, além de uma nova pista, um posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv). As conversas iniciais estão sendo realizadas num primeiro momento entre os representantes do Posto 2 da PMRv de Ilhota e membros do Executivo da Prefeitura de Brusque.

Nesta quarta-feira (15) o comandante Pablo David Henden esteve em Brusque junto a outros militares, sargentos Motta e Vieira Ramos, e Cabo Vilson, para tratar do assunto diretamente com o vice-prefeito de Brusque.

“Iniciamos a conversa com o poder público no intuito de transferir o Posto 2 que hoje fica na rodovia Jorge Lacerda (SC-412) para a 486 Antônio Heil, rodovia que será duplicada e possui um grande fluxo de caminhões, cargas pesadas, e produtos perigosos, e infelizmente uma rodovia que possui os piores números em acidentes e até mortes”, explica o comandante Henden. “O objetivo é colocar o posto da polícia aqui na Antônio Heil e deixar ele de uma forma estratégica no centro da nossa área de atuação e com isso prestar um bom serviço para nossa comunidade e região”, completa.

Segundo ele, ainda trata-se de uma ideia inicial que tem apoio do comando local e agora será levada para escalões superiores da Polícia Militar Rodoviária, Deinfra, e Governo do Estado para ver se realmente essa ideia tem apoio das instâncias superiores”.

O vice-prefeito de Brusque, destaca que com a duplicação com certeza a cidade será mais procurada por turistas e visitantes. Hoje, segundo ele, há grande dificuldade quando há acidentes e necessidade de chamar a polícia de Ilhota. “A polícia de Ilhota trabalha com a rodovia Jorge Lacerda, uma rodovia de pista simples, e nós teremos uma rodovia duplicada que atende Brusque, Guabiruba, Botuverá, Nova Trento, São João, Canelinha e até Tijucas através da polícia rodoviária de Ilhota, por isso seria melhor ter um posto mais centralizado”, defende.

Segundo o vice prefeito, serão realizados estudos técnicos para verificação do melhor local para instalação do posto policial, mas a ideia é que seja instalado em uma área rural entre Brusque e Itajaí. “Pedimos que eles fizessem estudos e nós vamos fazer também, mas pensamos que deva ser feito em locais que não existam rotas de fuga. Quanto menor a chance de usarem desvios, melhor. Acredito que naquela região antes do Brilhante a área de fuga é quase zero, mas é necessário um estudo técnico e dentro disso ver o melhor caminho.”, diz ele.  

Deixe sua opinião