Reitor da UNIFEBE visita Centro de Inovação de Jaraguá do Sul

Conectar instituições para que trabalhem em parceria e somem esforços é uma das premissas dos Centros de Inovação que estão sendo construídos em Santa Catarina. Em Brusque, o Centro de Inovação Tecnológica (CIT) será finalizado até o fim deste ano.

Com o objetivo de promover a troca de conhecimentos e informações entre as unidades, o Comitê de Implantação do Centro de Inovação de Brusque, presidido pelo reitor da UNIFEBE, Günther Lother Pertschy, visitou na quinta-feira, 5 de abril, o Centro de Jaraguá do Sul.

A comitiva também participou de uma reunião com gestores da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Turismo da prefeitura, onde foi apresentado um documento sobre a gestão do empreendimento em Jaraguá do Sul.

O reitor da UNIFEBE destaca que a visita foi de extrema importância, já que a obra em Jaraguá do Sul está praticamente concluída e é do mesmo porte da de Brusque.

— A visita e a troca de informações na forma de gerir o Centro de Inovação foi muito produtiva. Mostrou-se os percalços e avanços que obtiveram durante a construção, o que nos deixa mais seguros na caminhada em Brusque. Além disso, a reunião junto à prefeitura com os membros do comitê também foi muito relevante e nos deixou contentes — analisa Pertschy.

O diretor de Desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Jean Carlo Vogel, observa que os dois centros estão em estágios físicos diferentes, porém, a parte conceitual é semelhante. Em Jaraguá do Sul, a obra está em conclusão e em Brusque embora esteja numa fase mais inicial, está em ritmo avançado.

— A visita e o debate que o Comitê de Implantação de Brusque fez em Jaraguá do Sul é muito importante para este processo. A parte conceitual dos Centro de Inovação é a mesma e propõe discussões do ecossistema, do desenvolvimento da cultura da inovação, do funcionamento em rede dos centros, potencializando o que cada cidade tem de melhor — enfatiza.

Também participaram da visita técnica o representante do governo do Estado em Busque, Paulo Roberto Mellão Filho; o secretário de Desenvolvimento Econômico de São João Batista, Plácido Vargas; o engenheiro do Clube de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Brusque (CEAB), Anselmo Scarduelli e o vereador Jean Pirola.

Missão dos Centros de Inovação

Os Centros de Inovação estão sendo criados para promover inovação e empreendedorismo em suas regiões. Três pilares lhe sustentam: ativar o ecossistema da inovação, criar cultura inovadora e empreendedora e gerar e escalar negócios inovadores.

Em Santa Catarina, 13 municípios recebem o Centro: Chapecó, Jaraguá do Sul, Joaçaba, São Bento do Sul, Tubarão, Itajaí, Blumenau, Brusque, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul. O centro de Lages já foi inaugurado.

Centro de Brusque

Conforme a construtora Esphera Sul Empreendimentos, responsável pelo Centro de Inovação em Brusque, cerca de 40% da obra já foi concluída, o que diz respeito principalmente a parte estrutural. A área total construída será de 3.140,77 metros quadrados e o investimento é de cerca de R$ 7,6 milhões.

Centro de Jaraguá do Sul

O Centro de Inovação de Jaraguá do Sul será o segundo de Santa Catarina a ser entregue. A obra iniciou em 2015 e teve paralisação para adaptação do projeto. Neste momento está sendo realizada a licitação para a compra de mobília. A previsão é que o Centro seja inaugurado no começo do segundo semestre. O investimento é de R$ 8 milhões.

Deixe sua opinião