Quatro pessoas são presas por forjar roubos de bobinas de aço

Um grupo criminoso interestadual que forjava o roubo de bobinas de aço e inox está sendo investigado pela DFRC (Divisão de Furtos e Roubos de Cargas), divisão da DEIC (Diretoria Estadual de Investigações Criminais). Em uma operação realizada na última quarta (12), quatro pessoas foram presas. Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de São Francisco do Sul e Barra Velha, além de São Bernardo do Campo e São Paulo, no estado de São Paulo.

Avaliadas em R$ 180 mil reais, as bobinas de aço e aço e inox eram registradas como roubadas para serem vendidas com notas fiscais adulteradas. No caso do grupo, que tinha atuação principalmente em São Francisco do Sul e Araquari, empresas de fachadas foram constituídas em nome de terceiros, motoristas de caminhões ou familiares. Eram estas empresas as responsáveis por emitir as notas fiscais das bobinas com o roubo forjado. Por vezes, antes mesmo de serem notificadas como roubadas, a carga já estava sendo comercializada pela quadrilha.

Nas investigações foi identificado o receptor da carga, um empresário paulista do ramo da indústria siderúrgica. No local da empresa foi cumprido mandado de busca e apreensão. Até o momento, foram presos a responsável pela falsificação das etiquetas e notas fiscais, o motorista, o proprietário do caminhão que fazia o transporte e um empresário.

Participaram da operação as divisões da DEIC e da Delegacia da Polícia Civil de São Francisco do Sul.

Deixe sua opinião