Projeto de lei contra Nepotismo será votado pela Câmara nesta terça-feira

Estamos diante da apreciação do projeto de lei que prevê a proibição do nepotismo e esperamos que os vereadores brusquenses tenham consciência de que a população quer que isso seja aprovado. Dessa forma, vamos começar a moralizar a política em nosso Município e tornar Brusque, referência para outros municípios.
Já perdemos a oportunidade de aprovar a lei que impedia os vereadores de atuar no Executivo, e ficamos para trás, pois outras cidades aprovaram a mesma lei. Então, esperamos agora, sero precursor dessa mudança de postura diante da relação entre Executivo e Legislativo. É a oportunidade que a Câmara tem de aprovar uma medida importante para a moralização da política brusquense.
A proibição do nepotismo, impede que parentes de vereadores assumam cargos no Executivo, vindo a evitar possíveis trocas de favores e a promiscuidade existente entre os Poderes. Sabemos que isso não vai resolver tudo, mas é mais um passo em direção ao aperfeiçoamento da gestão pública.
Como um vereador pode ter isenção para fiscalizar o órgão público, se ele tiver um parente lá trabalhando num cargo comissionado?
Por isso, reforçamos a importância de a comunidade participar e se fazer presente na sessão da Câmara desta terça-feira, 3 de outubro, para acompanhar de perto como os vereadores vão defender as suas ideias.O Observatório Social de Brusque conta com o envolvimento da população neste pleito.
Esperamos que a vontade dos cidadãos seja respeitada e que o projeto contra o nepotismo venha a ser aprovado pelos vereadores.

Deixe sua opinião