Programa da Celesc termina fase de cadastramento com mais de 11 mil inscritos

Todas as residências participantes do projeto terão suas microusinas instaladas no decorrer de 2017

A primeira etapa do Projeto Bônus Eficiente Linha Fotovoltaica, uma parceria entre o Programa de Eficiência Energética ANEEL/Celesc com a ENGIE, terminou nesta sexta-feira (24) com a adesão de mais de 11.925 mil pessoas. Todos os cadastrados foram incluídos em uma fila por ordem de inscrição, sendo que os mil primeiros que cumprirem os requisitos do projeto poderão adquirir sistemas de energia solar para suas residências com 60% de desconto.

“A grande procura pelo projeto confirmou que estamos alinhados com o interesse dos catarinenses em economia e sustentabilidade”, comemorou o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

As visitas técnicas que determinarão se o consumidor está mesmo apto a participar já estão em andamento. Aquele cadastrado que não cumprir os requisitos será desclassificado e um novo participante será chamado da fila de espera.

“A partir de agora vamos focar nas visitas técnicas para que possamos, no menor prazo possível, iniciar as instalações”, afirmou Rodolfo Sousa Pinto, presidente da ENGIE Solar.

Todas as residências participantes do projeto terão suas microusinas instaladas no decorrer de 2017.

Sobre o projeto  

Inédito no Brasil, o Bônus vai acelerar a popularização da microgeração fotovoltaica no País ao investir recursos de R$11,3 milhões do Programa de Eficiência Energética ANEEL/Celesc.

Os consumidores aprovados no cadastro terão acesso ao sistema fotovoltaico de 2,6 kWp, pagando 40% do custo total praticado no mercado, ou seja, em torno de R$ 6.700,00.

O benefício principal para o consumidor é a economia na conta de energia elétrica que, após a instalação dos painéis fotovoltaicos, pode chegar a R$ 2 mil por ano. Com isso, o investimento individual no sistema será recuperado em pouco mais de três anos.

Ao participar do projeto, cada contemplado terá direito ainda a receber cinco lâmpadas LED.

Requisitos para participar do Projeto Bônus Eficiente Linha Fotovoltaica:

-Consumidor residencial deve estar adimplente com a Celesc, ou seja, não pode ter dívidas com a Empresa;

-O cadastro (ou inscrição) é realizado via internet. Caso todos os requisitos sejam atendidos, o consumidor entra para a lista de instalação, ficando passível ainda de rejeição caso sua unidade consumidora apresente problemas na inspeção prévia, antes da instalação;

-A residência deve possuir área disponível mínima de 20m² no telhado para instalação, livre de sombreamentos por árvores, prédios vizinhos etc.;

-O telhado deve estar voltado para o Norte (com desvio admitido +/- 30°);

-A inclinação do telhado pode variar de 20° a 35° em relação ao plano horizontal;

-A unidade consumidora deve ter consumo mensal de 350 kWh ou acima, nos últimos 12 meses;

-O consumidor precisa ter disponibilidade de recurso para pagar a contrapartida;

-A unidade consumidora precisa dispor de acesso à rede de internet/WiFi;

-Cada consumidor poderá se inscrever para receber somente um sistema de 2,6 kWp.

Deixe sua opinião