Presidente da FCDL, Ivan Tauffer, defende redução da taxa de juros

‘Só a retomada do crescimento pode acabar com os maiores problemas que enfrentamos: o desemprego e o endividamento das famílias’

 Para Ivan Tauffer, presidente da Federação das CDLs de Santa Catarina, as medidas do Governo Federal são oportunas, porque sinalizam uma reação da economia no período mais importante do ano para o varejo. “A iniciativa do governo emite sinais para melhorar a confiança dos empresários e consumidores”, observou. Tauffer lembra que a renegociação das dívidas tributárias para as empresas, especialmente com a Previdência, a desburocratização dos processos de abertura de empresas e de pagamentos de impostos e encargos sociais se somam às iniciativas para reduzir o Custo Brasil e facilitam novos investimentos e a retomada do crescimento econômico.

“Só a retomada do crescimento pode acabar com os maiores problemas que enfrentamos: o desemprego e o endividamento das famílias. O comércio está refém destas duas dramáticas questões”, resumiu o presidente da Federação, que também espera uma urgente redução nas taxas de juros.

Ivan Tauffer considera que a aprovação da PEC do limite dos gastos públicos e o início da discussão da reforma da Previdência são remédios amargos, porém os únicos capazes de equilibrar as contas públicas e evitar a falência da União. “A crise nos estados compromete a economia e felizmente em Santa Catarina o cenário não é tão negativo”, observa.

O líder lojista lamenta que a instabilidade política esteja comprometendo o ambiente econômico, mas aposta na maturidade das instituições. “A travessia desta crise tem sido dolorosa e demorada, mas o cenário em médio prazo é promissor. A sociedade brasileira está construindo um novo padrão de civismo político”, concluiu.

Deixe sua opinião