Presidente da CDL Brusque debate regulamentação dos ambulantes com a procuradoria do município

O presidente da CDL Brusque, Michel Gartner Belli esteve na tarde desta quarta-feira, (23) em reunião com a diretora da procuradoria do município, Danielle Mariel Heil, juntamente com o assessor jurídico da CDL, Osmar Perón Junior e com o gestor executivo da CDL, Carlos Eduardo Vieira, onde o principal objetivo foi tratar do projeto de lei que regulamenta os ambulantes na cidade de Brusque.

Michel Belli comentou que “o comércio desses ambulantes tem sido realizado sem regras, sem atendimento a parâmetros de higiene e segurança dos produtos, o que torna indispensável à regulamentação”, enfatizando que a lei para a regulamentação é uma discussão que vem sendo tratado a tempo pela CDL com a gestão municipal. “Nosso objetivo é estabelecer convívio harmonioso entre ambulantes e comerciantes de forma legal, pois os comerciantes enfrentam o mesmo desrespeito e dificuldades (por conta da crise atual) dos ambulantes. Ele acrescentou que tem que legalizar para que os ambulantes atuem em locais predefinidos e adequados para a atividade”, afirmou Belli.

A diretora da Procuradoria de Brusque, Danielle Mariel Heil, também declarou apoio à regulamentação e disse que a gestão atual está comprometida e irá agir e atuar onde for necessário, pois o beneficio será para todos, “A CDL pode contar conosco, estamos juntos nesta parceria, sentimo-nos honrados em ajudar e apoiar este projeto em prol do beneficio da nossa comunidade”, afirmou Heil.

A regulamentação saindo do papel, a concorrência deixará de ser desleal com os demais lojistas, pois os ambulantes terão que estar em dia com as obrigações.

“Há pessoas que vêm de outras cidades de forma esporádica fazer comercio em Brusque. Não sabemos quem são nem de onde vem. É fundamental que tenha regulamentação, queremos garantir o recolhimento do imposto e acima de tudo proteger a segurança do consumidor e do lojista que pagam seus impostos”, afirmou o assessor jurídico da CDL, Osmar Perón Junior.

Já o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Brusque, Michel Gartner Belli, enfatizou dizendo, “Na nossa visão, essa lei precisa ser regulamentada para atender o interesse de todos. Os comerciantes estabelecidos merecem respeito, acrescentando que a regulamentação deve ocorrer com todos os ambulantes, não somente com os que trabalham com alimentos.

Fonte: Jornalista Responsável: Anelise Margraf – ASCOM CDL Brusque

Deixe sua opinião