Presidente da Acafe participa de mesa redonda na Colômbia

O uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) foi o tema principal da 8ª edição da Conferência TICAL e do 2º Encontro Latino-Americano de e-Ciência, eventos realizados na cidade de Cartagena de Índias, na Colômbia, em que o presidente da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) e reitor da UNIFEBE, professor doutor Günther Lother Pertschy, participou de 3 a 5 de setembro.

Os eventos, que receberam participantes da América Latina, Europa e Estados Unidos, estabeleceram um espaço de intercâmbio de conhecimentos e boas práticas relacionadas ao uso das TIC em áreas consideradas prioritárias, além de explorar o compartilhamento de experiências de implementação de estratégias e soluções de TIC que contribuem para a transformação digital das universidades.

Uma mesa redonda com reitores, organizada pela Organização Universitária Interamericana (OUI), foi um dos momentos mais importantes da Conferência TICAL. Na ocasião debateu-se sobre a transformação digital nas universidades latino-americanas, nas universidades europeias e as estratégias para as instituições latino-americanas.

Participaram do debate, além de Pertschy, a dra. Isabel Ramírez Mejía, reitora da Universidade Unicomfacauca, o secretário-executivo da Acafe, Paulo Ivo Koehntopp e atuou como moderador Ernesto Chinkes, presidente honorário da Conferência Tical 2018.

Para Pertschy, representar a Acafe e o Brasil numa mesa redonda tão importante foi extremamente relevante. Ele destaca que a UNIFEBE e as universidades do Sistema Acafe são similares a muitas outras instituições da América Latina quanto ao uso da tecnologia a das transformações digitais, além disso a diversidade de informações debatidas tornou o evento “rico” em conhecimentos.

— Tivemos a oportunidade de trocar experiência sobre o uso da tecnologia nas universidades e toda essa transformação que vivenciamos no dia a dia, não só nos sistemas institucionais, mas também no relacionamento com o acadêmico que cada vez é mais tecnológico. Sabemos que as transformações que estão por vir são muito significativas e estamos atentos às adaptações, pois é imprescindível o uso de novos formatos para que a universidade como um todo sobreviva e seja atrativa para o público — enfatiza Pertschy.

Os eventos

O TICAL 2018 e o Encontro Latino-Americano de e-Ciência foram promovidos pela RedClara — instituição responsável pela implementação e manutenção da infraestrutura de rede que interconecta as Redes Nacionais de Educação e Investigação (RNIE) da América Latina, pelo projeto Building the European Link to Latin America (BELLA) — que tem o objetivo de fortalecer a conectividade entre a América Latina e a Europa e pela Rede Nacional Acadêmica de Tecnologia Avançada da Colômbia (RENATA).

Deixe sua opinião