Prefeitura recebe visita de intercambistas do México, Austrália, França e Bermudas

Quatro intercambistas hospedados em Guabiruba visitaram a Prefeitura Municipal na última terça-feira, 7, acompanhados do empresário Vendelino Erthal e de sua filha Ana Luiza, 17 anos, membros da família anfitriã que recebem os adolescentes Shu’ayb Nasir (18), de Bermudas, Diego Díaz (19), do México, Maran Rossigrol (17), França, e Yasmin Ukosich (15), Austrália. O grupo foi atendido no gabinete pelo prefeito Matias Kohler e pelo superintendente da Fundação Culturar, Gilmar José Celva.

O intercâmbio é realizado via Rotary e teve a iniciativa da estudante guabirubense Ana Luiza, a qual está no último ano do Ensino Médio. “Já que eu não sabia que faculdade cursar, pensei em terminar o terceirão e fazer um intercâmbio para clarear as ideias. Apareceu o Rotary no meu colégio falando do intercâmbio e eu decidi fazer. A contrapartida é receber os intercambistas”, conta a adolescente, que viaja para a Dinamarca em agosto.

O mexicano Diego Díaz está no Brasil desde agosto de 2015 e em Guabiruba chegou em 26 de abril. Ele conta que o país é muito bonito e se impressionou com a diversidade cultural. “Viajei para o norte do Brasil e agora moro aqui no sul e as diferenças são muito grandes. Lá no México tudo está mais misturado, é mais igual”, compara ele, que conhece vários países, mas pela primeira vez participa de um intercâmbio.

A principal dificuldade para o grupo, segundo ele, foi a língua portuguesa. “Todos achavam que o espanhol, por ser língua latina, seria muito próximo do português. Mas o sotaque, para mim, foi muito difícil de compreender. Agora estou falando melhor”.

Durante a reunião, o prefeito falou da cidade e reforçou a importância do intercâmbio para a formação pessoal. Também lembrou que cada vez mais se intensificam esse tipo de atividade no município. “Periodicamente recebemos grupos de intercambistas vindos de diferentes países, mais notadamente da Alemanha, que são acolhidos por famílias guabirubenses. Essa troca de experiência contribui não só para a bagagem cultural do intercambista, mas divulga nossa cidade para diversos cantos do mundo. Todos têm elogiado o município e certamente levarão uma boa imagem da nossa cidade”, destacou.

Deixe sua opinião