PREFEITO NÃO APRESENTOU PROJETO DURANTE SUA MENSAGEM NA CÂMARA DE VEREADORES

Terça-feira (7), o prefeito Jonas Paegle cumpriu um protocolo histórico: ocupou a tribuna da Câmara de Vereadores de Brusque para fazer sua fala oficial na abertura dos trabalhos legislativos. Porém, ao contrário dos prefeitos que anteriormente administraram o município, ele não apresentou nenhum projeto de reforma administrativa, preferiu apenas emitir a sua mensagem.

Ao término da sua fala, ele concedeu entrevista coletiva para tratar deste e de outros temas. O prefeito disse aos jornalistas que assumiu a Prefeitura de Brusque “em situação crítica” em todas as áreas. Incluindo “contratos mal feitos” e contratos descumpridos… Garantiu que este tipo de situação não vai aconteceu durante sua administração: “Queremos seguir o norte, o correto, para poder tomar decisões sérias e honestas em prol da comunidade de Brusque”, disse aos jornalistas.

Perguntado sobre o relacionamento entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo, observou: “O Poder Legislativo, se é em prol do povo, não vai fugir desse rumo comum: vamos organizar toda a administração política do município”. Lembrou que enfrentou as dificuldades comuns a todos os demais administradores, e com um agravante: a arrecadação de janeiro de 2017 caiu R$ 2 milhões em relação a arrecadação de janeiro do ano passado.

 

 

 

Deixe sua opinião