Praça da Cidadania peca na qualidade da higiene

Cidadania é a prática dos direitos e deveres de um indivíduo em um Estado, direitos e deveres devem andar a par e passo, juntos.
Nada pior que o cidadão não ter como usufruir de algo que é seu por direito, como por exemplo, usar um banheiro público em uma Praça.
O banheiro instalado na Praça da Cidadania, que deveria servir ao público masculino está interditado, tudo por que falta uma peça de descarga em um dos sanitários.
O problema que levou a interditar o banheiro, pelo motivo do vazamento de água no sanitário, não é o único que se apresenta. Ao entrar no interior do banheiro é possível perceber que as condições não estão das melhores. Parede com revestimento quebrado, parte elétrica exposta e sem proteção.
Com apenas dois vasos sanitários para oferecer ao público, um está com a porta parafusada, impedindo o uso por  não possuir compartimento de água para descarga.

De acordo com informações colhidas no local, até material de limpeza está faltando para a higienização dos banheiros. Uma servidora que fazia a limpeza foi flagrada sem os acessórios de proteção individual como: Luvas e óculos de proteção. O motivo pela não utilização é a falta dos mesmos para os funcionários da limpeza.

Deixe sua opinião