Politiqueiros

Oras, ambos os casos são repudiáveis e reprováveis, mas percebe-se cada vez mais que a análise de uma ação pública, deixou de ser feita pela sua importância ou qualidade e passa a ser feita puramente com a ótica politiqueira. Precisamos aprender a aplaudir os bons atos (independente de quem seja o executor) e criticar os maus (também independente de quem seja o executor).

Deixe sua opinião