Polícia Civil elucida homicídio em Camboriú

A Polícia Civil, através do Setor de Investigação e Captura (SIC) da Delegacia da Comarca de Camboriú, elucidou um homicídio, que vitimou um homem, no bairro Monte Alegre, no dia 16 de agosto deste ano. Um suspeito foi preso preventivamente. O outro comparsa está foragido. Foi apreendido um revólver calibre 380, na residência do preso, o qual deu ensejo à lavratura de auto de prisão em flagrante em desfavor de sua companheira. Entretanto, considerando que pode se tratar da arma de fogo utilizada no homicídio investigado, foi solicitada sua disponibilização para encaminhamento à perícia técnica visando à realização de exame de comparação balística com os dois projéteis e oito estojos deflagrados calibre 380, coletados no local do crime. Também foi apreendida na residência do acusado, uma motocicleta HONDA/BIZ, por não haver documento comprovando a propriedade do bem, bem como um chassi e um motor de uma motocicleta da marca LIFFAN. Na casa do pai do suspeito, que era frequentada por ele, foram apreendidos diversos maços de cigarros, todos sem notas fiscais. Em virtude disso, a Autoridade Policial, deu voz de prisão ao pai., e o conduziu até a sede da Polícia Federal, em Itajaí.

Durante as investigações, foi apurado que a vítima, que possuía diversas passagens policiais como autor de furtos, roubos, posse de drogas, dentre outros delitos, já teria sido vítima de tentativa de homicídio dias anteriores, inclusive, teria demonstrado medo frente a seus familiares. “Também foram verificadas as imagens das câmeras de monitoramento das proximidades do local do crime, onde, é possível verificar dois indivíduos suspeitos conduzindo uma motocicleta HONDA/CG, de cor vermelha, se preparando para concretizar o crime. Através das imagens, nota-se que o piloto possui aparência do indiciado, além de estar vestido com moletom azul, bermuda e capacete de cor branca com viseira preta e adesivos, apreendido juntamente com o capacete utilizado pelo carona na residência de seus familiares”, explica um policial.

Segundo o policial, com apoio da 3ª RPM, foi levantado que dois dias anteriores ao do cometimento do crime, estes abordaram a vítima devido a suspeita de seu envolvimento em um crime de furto ocorrido.

Participaram das prisões nesta manhã, 03, policiais de Camboriú, Balneário Camboriú, Itapema e Navegantes, visando dar cumprimento aos mandados.

Deixe sua opinião