Polícia Civil desvenda esquema de clonagem de cartões e lavagem de dinheiro de âmbito nacional

A Polícia Civil, por meio da Central de Investigações Leste e Sul  (CILS), após um ano de investigações, realizou a prisão de W.C.C., 23 anos, S.C., 50, e S.T.G., 46, pela prática de delitos de estelionato e lavagem de dinheiro. As prisões ocorreram durante operação conjunta com a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, na cidade de Parobé (RS).

As investigações desvendaram um esquema nacional de clonagem e falsificação de cartões de crédito, bem como a ocultação de bens e valores, com uso de contas bancárias de “laranjas”. Seis policiais da CILS se deslocaram a Parobé coordenados pelo Delegado Ronaldo Neckel Moretto e com apoio de cinco policiais gaúchos.

Os presos realizavam a clonagem de cartões de crédito e promoviam a sua distribuição por todo o território nacional. Eles ofereciam os cartões em redes sociais, como o Facebook e WhatSapp.

Parobé CILS

Foram identificadas ofertas dos cartões falsificados nas regiões Sul, Centro-Oeste e Nordeste Brasileiro.

A investigação da Polícia Civil de Santa Catarina iniciou a partir de uma denúncia registrada em Florianópolis no ano passado, que culminou nesta quinta-feira com a localização e prisão da quadrilha no Rio Grande do Sul.

Após a prisão, os presos foram encaminhados à Delegacia de Polícia da Comarca de Parobé, para a realização dos procedimentos atinentes ao Inquérito Policial.

Deixe sua opinião