Polícia Civil apresenta planejamento da Operação Veraneio 2019/2020 com nove meses de antecedência

Nove meses antes da previsão de início da Operação Veraneio 2019/2020, o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Norberto Koerich, entregou na tarde desta quinta-feira, 11, ao secretário estadual da Fazenda, Paulo Eli, o plano de trabalho da instituição. Produzido pelo SEOP (Setor de Operações da Polícia Civil), o documento reúne a mobilização de policiais, viaturas, aeronaves, ações a serem desenvolvidas e investimento estimado no período da Operação Veraneio 2019/2020.

“Planejar é o primeiro passo para obtermos sucesso em nossas ações, e quando o fazemos com nove meses de antecedência, como agora, ficamos muito mais próximos de resultados positivos”, destaca o delegado-geral. “Esta ação junto ao secretário Paulo Eli é também uma forma de ajudar a Fazenda a planejar sua futura destinação de recursos para a Operação Veraneio”, completou.

Com um início em 20 de dezembro de 2019 e término em 9 de março de 2020, e dividido em três períodos (um a mais do que este ano), a Polícia Civil planeja mobilizar 1.447 policiais (entre delegados, escrivães e agentes), 198 a mais do que na última edição, em 35 municípios de todas as regiões do Estado.

Entre as ações programadas, estão a Campanha de Prevenção ao Desaparecimento de Crianças no Litoral Norte e Sul e Catarinense, apoio aos Consulados, incluindo escolta de autoridades em atendimento a situações críticas, utilização dos helicópteros do SAER (Serviço Aeropolicial) e utilização dos cães farejadores de DIFRON (Diretoria de Polícia de Fronteira) em operações na DPGF (Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis).

Deixe sua opinião