Plano Antidrogas é apresentado na Assembleia do GRUPIA

Brusque Com a participação de 21 representantes das principais organizações da Sociedade Civil, do Poder Público e das igrejas Católica e Evangélicas, na assembleia do Grupo de Proteção da Infância e Adolescência (GRUPIA), realizada das 9h às 11h07min de quinta-feira (9/6), na sede da Associação Empresarial de Brusque-ACIBr, foi apresentado pela presidente do Grupo Redator (GR), Dra. Danielle Mariel Heil, o Plano Municipal de Enfrentamento às Drogas, que será votado na assembleia de 14 de julho próximo. Os participantes da assembleia deliberaram a ordem de participação dos candidatos a prefeito e vice-prefeito de Brusque no Colóquio com os Prefeituráveis brusquenses nas eleições de 2 de outubro de 2016, às 9h dos dias 19 de agosto e 8 de setembro e aprovaram a prestação de contas da VI Semana da Família. A atuação da irmandade Narcóticos Anônimos ou NA em Brusque e seu programa de total abstinência de todas as drogas também esteve em pauta, com a apresentação de documentário e depoimentos de integrantes.

Colóquio com os Prefeituráveis

Após a condução do Momento de Oração pelo Pastor Joel Domingues Pereira, presidente do Conselho de Pastores de Brusque (COPAB), Paulo Vendelino Kons apresentou relato de sua visita ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Cesar Abreu, e informou da documentação encaminhada pelo TRE ao GRUPIA com vistas a realização do Colóquio com os Prefeituráveis brusquenses nas eleições de 2 de outubro de 2016, em parceria com os principais veículos de comunicação locais e regionais, às 9h dos dias 19 de agosto e 8 de setembro. Por decisão unânime, foi estabelecido que a ordem de apresentação dos candidatos majoritários, nos encontros promovidos pelo GRUPIA, será alfabética. Assim a primeira letra do nome do candidato a prefeito definirá quando de sua apresentação. Duas chapas majoritárias serão ouvidas em 19 de agosto e em 8 de setembro serão ouvidos outros candidatos. Se o número de chapas for superior a quatro, será marcada uma terceira data. O TRE também forneceu ao GRUPIA listagem completa dos responsáveis pelos partidos políticos organizados em Brusque.

Narcóticos Anônimos

O trabalho desenvolvido em Brusque pela irmandade de Narcóticos Anônimos (NA), organização fundada em 1953 nos Estados Unidos, sem fins lucrativos, foi tema de painel na assembleia do GRUPIA. Além do depoimento de integrantes da NA, também foi apresentado um documentário. Segundo membros do grupo brusquense de NA, seu “objetivo é ajudar as pessoas que se tornaram dependentes do uso de drogas, incluindo o álcool, a não voltarem a consumi-las”.

Para frequentar as reuniões, que são grátis, basta que a pessoa chegue e se apresente. Nada do que é falado é repassado a familiares, amigos, médicos ou órgãos de segurança.

Em Brusque os encontros do NA são realizados às terças-feiras, às 20h, e aos sábados, às 14h, na sala 12 do salão paroquial São Luís Gonzaga (rua Padre Gattone, 29 – Centro I). O contato com a NA em Brusque e região pode ser realizado também através do número telefônico (47) 9157 7916.

No documentário apresentado na assembleia do GRUPIA, é enfatizado que a Irmandade atua por meio do serviço abnegado. Os membros da NA se autodenominam como `adictos em recuperação’. Adicção é o mesmo que `escravo de’ e, geralmente, está relacionada ao uso de drogas ilícitas e lícitas. Contudo, o termo também abrange outras formas de dependência psicológica ou compulsões por jogos, comida, sexo, pornografia, computadores, internet, videogames, notícias, exercício, trabalho, compras ou qualquer outro comportamento em que não prevaleça ao autocontrole.

A NA trata apenas da compulsão por drogas e os efeitos comportamentais da adicção e seus membros sempre se mantêm no anonimato. Por isso, ninguém que frequenta os encontros comenta com outra pessoa quem esteve presente ou visitou a irmandade.

APOIO MÚTUO: uma das bases do processo que leva os membros da NA a se manter longe das drogas é o apoio mútuo. A identificação entre eles dentro do trabalho de recuperação ajuda a perceber que não estão sozinhos e funciona como um componente terapêutico poderoso. Para isso, as reuniões periódicas servem para que relatem suas inseguranças, sucessos e conquistas. Seus membros têm convicção de que a união fraternal existente é essencial para continuarem `limpos’ (adjetivo que utilizam para designar a ausência do uso de todo tipo de drogas).

 

Plano Antidrogas: Prevenção é prioridade

Aos participantes de assembleia do GRUPIA foi apresentado o Plano Municipal de Enfrentamento às Drogas pela Dra. Danielle Mariel Heil, presidente do Grupo Redator – GR. A advogada Danielle destacou as “diretrizes, objetivos e alianças estratégicas para a elaboração deste plano de ação coletiva, com a participação de diversos segmentos da sociedade, tendo como foco principal o usuário de drogas e álcool e sua família. O objetivo geral está no trinômio prevenção-tratamento-repressão”.

A representante da Ordem dos Advogados do Brasil no GRUPIA explicou que o “Projeto possuirá um índice da seguinte forma: APRESENTAÇÃO (ressaltando brevemente sobre a questão problemática das drogas na atualidade), – JUSTIFICATIVA (conhecimento científico e prático sobre o tema), – DIRETRIZES E OBJETIVOS (objetivo geral e objetivos específicos – englobando os 03 eixos), – GESTÃO INTEGRADA (todos os órgãos representantes da sociedade), – ALIANÇAS ESTRATÉGICAS (com Unifebe – atendimento a familiares do dependente, Palestras, Escolas – inserção de psicólogos), – PALAVRA DA ESPECIALISTA (psicóloga), – CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES, Contatos de Serviços Úteis e Bibliografia.”

A presidente do Grupo Redator destacou como objetivos específicos: – Introduzir a temática de educação para valores, como fator de prevenção para o uso de drogas entre crianças, adolescentes e jovens; – Esclarecer crianças, adolescentes, jovens, pais e educadores quanto aos perigos do uso das drogas; – Incluir a temática do uso de álcool e drogas nas disciplinas das escolas municipais, através dos programas de ensino; – Renovar as forças do COMAD (representantes das 22 instituições), buscando efetivar as atividades a serem desenvolvidas por esse Conselho no Município de Brusque; – Mobilizar as secretarias de saúde e de assistência social para ações de prevenção e tratamento de pessoas, principalmente, adolescentes usuários de substâncias psicoativas; – Valorizar e fomentar os grupos de mútua ajuda, como os Alcoólicos Anônimos e Narcóticos Anônimos, bem como o Grupo de Proteção aos Familiares – AL – ANON, promovendo a divulgação dos locais e horário das atividades por meio das mídias disponíveis (rádio, internet e jornal), bem como afixação em local visível das atividades e número de telefone dos grupos AA, NA e Al-Anon, em todas as unidades de atenção à saúde do Município de Brusque; – Buscar prioridade no Trâmite de Procedimentos Investigatórios e Processos Criminais; – Comparecimento em uma palestra como forma de “sanção” ao dependente abordado com porte de droga para consumo próprio, em substituição a “advertência” que hoje ocorre no âmbito do Juizado Especial; – Promoção de Campanhas de Prevenção e Combate às Drogas no âmbito escolar; – Ampliação dos programas já existentes como o PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas; – Aperfeiçoar a qualificação dos profissionais de saúde, tanto da rede ambulatorial quanto da rede hospitalar, para o adequado atendimento de dependentes químicos na rede.

A advogada Danielle Heil enfatizou que o “projeto é composto por ações de aplicação imediata e ações estruturantes. O destaque é para a ampliação e fortalecimento da rede de serviços de acolhimento de pessoas com transtornos decorrentes do uso problemático, abuso ou dependência de álcool, crack e outras drogas”. Além da advogada Danielle Heil, o Grupo Redator é integrado também pela professora Jeisa Benevenuti – docente da Unifebe e doutora em Psicologia, Filósofo e Neuropsicopedagogo  Rodrigo Cesari e o instrutor do Proerd, PM Gulherme Sedrez.

Plano será votado na assembleia do GRUPIA de 14 de julho próximo, às 9h, na sede da ACIBr. Ao final será encaminhado pelo Prefeito à Câmara Municipal, para aprovação dos vereadores brusquenses. Por iniciativa do Grupo Redator, o documento apresentado na assembleia do GRUPIA será tema de audiência pública na Câmara Municipal, às 18h de quinta-feira, 16 de junho.

Deixe sua opinião