PLANILHA DA ODEBRECHT: STJ AUTORIZA INQUÉRITO PARA INVESTIGAR GOVERNADOR RAIMUNDO COLOMBO

Hoje (16), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou abertura de inquérito “para apurar o envolvimento do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), com fatos vinculados à Operação Lava Jato. A suspeita é de crime de corrupção passiva”, informou o portal de notícia G1.

“A investigação, que tramita em segredo de Justiça, foi aberta a pedido da Procuradoria Geral da República, que quer apurar menção ao governador em planilhas apreendidas durante uma das fases da Lava Jato e que apontam repasses da construtora Odebrecht a políticos”.

Segundo a reportagem, os documentos “foram remetidos ao STJ pelo juiz Sérgio Moro, do Paraná, responsável pela Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, em razão do foro privilegiado dos governadores”.

“Além de abrir o inquérito, o STJ também determinou a coleta de provas pedidas pela Procuradoria, entre as quais a obtenção de dados telefônicos de um assessor do governo de Santa Catarina, André Agostini Moreno, alvo de condução coercitiva em Florianópolis na 26ª fase da Lava Jato, intitulada Operação Xepa, que se concentrou no Grupo Odebrecht”, destacou o G1.

O QUE COLOMBO DISSE AO JORNAL “EM FOCO REGIONAL”? Quando esteve visitando Brusque, na semana passada, o governador Raimundo Colombo concedeu entrevista exclusiva ao jornal EM FOCO REGIONAL e afirmou:

“Não tenho contrato com a Odebrecht”.

Ao ser perguntado sobre uma “lista da Odebrecht” que circula nas redes sociais, apontando políticos, seus partidos e cargos que ocupam dentro ou fora de vários governos, incluindo seu nome, Colombo respondeu: “Esta é uma lista antiga, feita em março do ano passado.

A Odebrecht não tem nenhuma obra em Santa Catarina. Nenhuma. Não tem nenhum contrato. Não recebeu nenhum centavo do governo. Ela nunca participou de uma licitação aqui, desde 2011 que eu estou no governo. Eles queriam comprar a CASAN, mas nós não vendemos, e não vendemos nenhuma ação da CASAN. Isso tudo já foi esclarecido, já fizemos uma nota mostrando tudo isso”.

Em nota divulgada hoje (16), o governo de Santa Catarina esclarece: “A empresa não tem em Santa Catarina, desde 2011, início do atual governo, nenhum contrato, não executa nenhuma obra pública ou realiza qualquer serviço do Estado. O Governo do Estado aguarda as investigações”.

1 Commentário

  1. Minha opinião é que se investigue essa ponte Hercílio luz ponta a ponta Ao longo destes anos muitos governadores passaram pela administração de Santa Catarina, porém, até hoje a restauração completa da Ponte Hercílio Luz; sequer foi concluída. Milhões de reais são suspeitos de desvios e nenhuma investigação foi realizada a fim de descobrir, investigar por onde foram parar tantos milhões destinados à uma obra que nunca chegou ser concluída.cuja obra de restauração está à espera há mais de 30 anos..sem contar que temos pontes na BR 101 como a ponte Anita Garibalde em Laguna que saiu mais barato.. Temos que ficar de olho ai tem…..

Deixe sua opinião