Pequenas doações que fizeram toda a diferença para 20 entidades beneficentes de Santa Catarina

Governador do Estado, Raimundo Colombo, e presidente da Celesc, Cleverson Siwert, entregaram R$ 750 mil a entidades contempladas por doações do programa Bônus Eficiente

Quem trocou a sua geladeira, seu freezer ou o seu aparelho de ar-condicionado antigos por novos, a preços até 50% mais baixos do que os de mercado, por meio do Bônus Eficiente do Programa de Eficiência Energética da Celesc, neste ano, fez mais do que um bom negócio. Além de contribuir com a economia de 55,7 gigawatts/hora nos próximos 15 anos (isso é equivalente ao consumo de mais de 347,4 mil casas em um ano) os contemplados fizeram doações a entidades beneficentes catarinenses. E, na manhã desta quinta-feira (15), o governador Raimundo Colombo e o presidente da Celesc, Cleverson Siwert, fizeram a entrega R$ 750 mil para as 20 entidades agraciadas com estas doações (cada uma recebeu R$ 37,5 mil).

IMG_6313.JPG

Foi graças ao montante recebido por meio do Bônus Eficiente, por exemplo, que cerca de 13 mil alunos de Apaes catarinenses que têm tem dificuldade de comunicação (de um total de 20 mil estudantes) terão um auxílio extra para construir frases, expressar suas vontades e opiniões. “Dizer que prefere isso à aquilo, que quer algo ou que não quer, essas coisas podem parecer corriqueiras para muita gente, mas não são para quem têm dificuldade de se comunicar”, explicou o presidente da Federação das APAEs de Santa Catarina, Júlio César de Aguiar.

IMG_6269.JPG

Uma parceria com a Livox (empresa voltada à inclusão social e à acessibilidade de pessoas com deficiência) proporcionou todas as 200 unidades da APAE em Santa Catarina recebessem licenças de um software de comunicação alternativa. Por meio de figuras, sons e outros elementos, ele auxilia o aluno na construção de frases. Ainda para que este projeto se tornasse realidade, a Federação firmou uma parceria com a Positivo, que garantiu aquisião de tablets a preço especial – de R$ 1,5 mil por R$ 500. Na quarta-feira aconteceu a capacitação dos fonoaudiólogos que irão auxiliar os estudantes no uso do software.

IMG_6257.JPG

“Só quem tem uma pessoa com deficiência na família sabe quanto isso custa, não só em termos financeiros, mas também em tempo e dedicação. Uma cadeira de rodas, um aparelho auditivo, um tratamento específico para o problema, cada coisa dessas, por menor que possa parecer, muda a vida de toda uma família. Recebam o nosso muito obrigado”, agradeceu o presidente da Associação dos Amigos da Pessoa com Deficiência de Maravilha, que recebeu um “cheque simbólico”, representando as 20 entidades agraciadas com as doações.

A cerimônia de entrega das doações contou, ainda, com a apresentação do Coral Bairro da Juventude, de Criciúma.

IMG_6286.JPG

 

Veja a lista das instituições beneficiadas:

1. Associação Florianopolitana de Pessoas com Deficiência – AFLODEF;

2. Associação de Amigos Autistas de Florianópolis – AMA;

3. Associação de Pais e Amigos de Excepcionais de Joinville – Apae Joinville;

4. Associação de Pais e Amigos de Surdos de São Miguel do Oeste – APAS;

5. Associação de Amigos de Pessoas com Deficiência de Maravilha – ASPMA;

6. Associação Caçadorense de Educação Infantil e Assistência Social –ACEIAS- Caçador;

7. Associação de Portadores de Mielomeningocele de Blumenau – AAPPMM Blumenau;

8. Associação Vida e Movimento – Florianópolis;

9. Casa Guido de Criciúma;

10. Centro de Recuperação de Toxicômanos e Alcoolistas – CERTA Camboriú;

11. Centro Terapêutico Vida – CTV – Blumenau;

12. Federação das Apaes de Santa Catarina;

13. Hospital Santa Cruz – Canoinhas;

14. Hospital Seara do Bem – Lages;

15. Hospital e Maternidade Tereza Ramos (Rede Cegonha) – Lages;

16. Irmandade Nossa Senhora das Graças – Orfanato – Lages;

17. Lar Menino Deus – Brusque;

18. Rede Feminina de Combate ao Câncer – Chapecó;

19. Rede Feminina de Combate ao Câncer de Florianópolis;

20. Associação Catarinense de pacientes Renais- APAR.

Deixe sua opinião