Peninha cobra linha de crédito para hospitais filantrópicos de Santa Catarina

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC) solicitou em audiência com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, uma linha especial de financiamento para os hospitais catarinenses. O parlamentar pediu que sejam aplicadas em Santa Catarina, as mesmas medidas de suporte financeiro anunciadas às entidades do Paraná, onde duas linhas de crédito – “Caixa Hospitais” e “BNDES Saúde” – darão fôlego financeiro aos hospitais. O dinheiro extra permitirá que as instituições de saúde honrem seus compromissos bancários, paguem os fornecedores e prestadores de serviço, mantendo, dessa forma, a continuidade dos serviços oferecidos à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). A reunião foi realizada nesta quinta-feira, dia 22, em Brasília.

“Este amparo do governo federal será muito importante para que os hospitais filantrópicos possam continuar o serviço de excelência que prestam em Santa Catarina. Mais da metade de todos os atendimentos pelo SUS no nosso estado são feitos por estas entidades”, justificou Peninha. O ministro sinalizou positivamente à reivindicação: “Com a economia de R$ 1 bilhão que conseguimos fazer desde o início da minha gestão, está sendo possível ampliar o leque de benefícios a essas instituições”.

O crédito solicitado pelo deputado Peninha ficará limitado à margem financeira disponível para cada instituição, não podendo ultrapassar 35% do faturamento total da entidade nos últimos 12 meses junto ao SUS. A ideia é oferecer uma linha de financiamento que pode chegar a 10 anos, com 1 ano de carência e taxas de juros menores que o mercado oferece atualmente. “A ideia é permitir que os hospitais que oferecem atendimento prioritário pelo SUS, renegociem suas dívidas e utilizem os recursos na gestão do dia-a-dia”, completou o parlamentar catarinense.

Deixe sua opinião