PDT prioriza candidaturas na proporcional

Reunião realizada na última segunda-feira (29), no plenarinho da ALESC definiu o rumo que os pedetistas querem tomar em 2018. Com a participação de suas principais lideranças estaduais o partido concentrou seus esforços no debate que vai definir a organização de suas chapas a Deputado Estadual e Federal neste ano. Na avaliação dos presentes o partido tem quadros importantes que podem compor a chapa majoritária, inclusive com candidatura própria e ao Senado.
O apoio a Ciro Gomes para Presidente da República deve ser o fiel da balança no momento que os brizolistas decidirem se vão caminhar em chapa pura ou se irão construir uma coligação de respaldo a Ciro com viabilidade eleitoral para suas chapas de Deputados. O encontro serviu também para ouvir as bases do partido que tem sentido a falta de um Deputado Federal. O nome mais lembrado é o do ex-Ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias que além de unir o PDT em torno de Ciro terá dupla missão se seguir no projeto de chegar à Câmara dos Deputados. Ao final, ficou decidido que a direção estadual irá montar uma comissão que avaliará a conjuntura política do estado, sem definir por nenhum nome já colocado em pesquisas eleitorais recentes.

Deixe sua opinião