Os 50 anos de “o planeta dos macacos” serão tema de palestra no instituto histórico e geográfico do pr

Inspirado no livro de Pierre Boulle, o filme “O Planeta dos Macacos” (1968) foi dirigido por Franklin J. Schaffner. Teve sua estreia mundial em 3 de abril de 1968, dando origem a outros quatro filmes-sequência e duas séries de TV. O Instituto Histórico e Geográfico do Paraná promove na próxima terça-feira, 17 de abril, às 15 horas, em sua sede (rua José Loureiro, 453, centro de Curitiba), a palestra “O Planeta dos Macacos: A Construção de um Clássico do Cinema Universal”. O palestrante será o escritor Saulo Adami, que há 40 anos pesquisa o tema sobre o qual já publicou quatro livros.

O evento terá entrada franca, e será aberto à participação da comunidade. Serão abordados temas como a criação da maquiagem e as construções da espaçonave e da cidade cenográfica. Serão exibidos documentários curta-metragem produzidos pelo escritor que, após a palestra, vai responder eventuais perguntas da plateia. O evento conta ainda com uma pequena exposição de itens relacionados à produção do filme clássico, que integram o acervo particular do escritor: fotografias autografadas, livros e réplica da maquiagem criada em 1967 por John Chambers, que ganhou um Oscar honorário por seu trabalho em 1969.

Há 40 anos, Saulo Adami pesquisa os bastidores e segredos da produção deste filme e de suas sequências, das séries de TV e outras versões. Seu livro mais recente sobre o assunto é “Homem Não Entende Nada! Arquivos Secretos do Planeta dos Macacos” (Editora Estronho, 2015, 612 páginas), que terá nova edição no ano que vem. Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, Adami tem mais de 100 livros publicados nas áreas de literatura, ensaio, biografia e história.

SERVIÇO
Palestra: “O Planeta dos Macacos: A Construção de um Clássico do Cinema Universal”.
Data: Terça-feira, 17 de abril de 2018.
Horário: 15 horas.
Local: Instituto Histórico e Geográfico do Paraná.
Endereço: Rua José Loureiro, 43, centro de Curitiba.
Entrada franca.

Intervalo de filmagem na Cidade dos Macacos: Charlton Heston (Taylor) e o produtor associado Mort Abrahams analisam o roteiro.
Fotografia do acervo de Saulo Adami

Deixe sua opinião