Operadores de totalização das Eleições 2018 são treinados no TRE-SC

Iniciou, nesta terça-feira (18), o treinamento dos 110 operadores de totalização que irão trabalhar nas Eleições 2018. Esses técnicos são responsáveis por enviar os relatórios com os resultados da votação de cada Zona Eleitoral para a Sede do TRE-SC, onde se dará a totalização final dos votos.

Durante o treinamento, os operadores são instruídos sobre o funcionamento da organização do Cartório Eleitoral em relação à chegada das mídias no dia da eleição e sobre como utilizar os sistemas “Gerenciamento” e “Transportador”. O primeiro gerencia os boletins de urna e totaliza os votos. Já o segundo faz a transmissão desses boletins das Zonas Eleitorais para o Tribunal. Os dados serão recebidos pela Seção de Partidos Políticos e Apuração de Eleições do TRE-SC. Também estão participando da capacitação os integrantes da equipe de Tecnologia da Informação do TRE, que prestarão suporte aos técnicos no dia da eleição.

A preparação dos operadores começou com um curso EaD, que continha informações gerais sobre o funcionamento da Justiça Eleitoral e toda a base necessária de como operar os sistemas “Gerenciamento” e “Transportador”. “O treinamento é a segunda etapa dessa capacitação, onde nós damos algumas orientações de como eles devem organizar o trabalho deles, além de ser o primeiro contato que eles têm com os sistemas que vão utilizar no dia da eleição”, explicou José Luiz Viana, chefe da Seção de Partidos Políticos e Apuração de Eleições e um dos ministrantes do curso.

Como parte final da preparação, serão realizados simulados nas Zonas Eleitorais nos dias 4 e 5 de outubro, com o intuito de reproduzir todas as etapas que acontecerão no dia da eleição, envolvendo a geração de mídias, leitura, totalização e retirada de relatórios.

O TRE-SC é um dos únicos tribunais eleitorais do país que conta com o apoio dos operadores de totalização, com o objetivo de facilitar o trabalho do Chefe de Cartório, que realiza outras tarefas no dia do pleito. O requisito para ser um OT é ter conhecimento mínimo na área de informática e operação de sistemas.

Ao todo, os operadores foram divididos em nove grupos para o treinamento, que termina na sexta-feira (28).

Deixe sua opinião