O pescotapa de Ciro Gomes- Gabriel Wilhelms

Ciro Gomes foi protagonista de mais uma polêmica para somar a sua coleção, dessa vez envolvendo o Arthur do Canal Mamaefalei. Creio que os leitores já tenham ciência do conteúdo do vídeo, em que Ciro aparece dando um tapa na nuca de Arthur do Val. De lá para cá, diferentes interpretações do ocorrido têm pipocado na internet, desde afirmações de que o vídeo teria sido editado para amplificar o efeito do tapa até de que o tapa foi merecido. Pessoalmente, acho que no vídeo o tapa -no qual sinceramente não vi traços de agressão- é o que menos importa, sendo o mais relevante a naturalidade que um pré-candidato à presidência tem para mentir e dissimular a respeito daquilo que está muito bem documentado.

A primeira mentira ocorre quando Arthur pergunta em tom de zombaria se o “sequestro do Lula que ele planejou estava dando certo”, uma referência ao famoso vídeo em que Ciro sugere o sequestro de Lula, para deixá-lo numa embaixada se ele entendesse que o mesmo pudesse ser vítima de uma prisão arbitrária. A segunda ocorre quando questionado sobre ter dito que receberia o “pessoal do Sérgio Moro na bala”, o que novamente Ciro nega ter dito, diz se tratar de Fake News. O vídeo elaborado pelo canal Mamaefalei permite que nos dois casos Ciro Gomes seja prontamente desmentido, com a inclusão dos vídeos em que Ciro aparece dizendo exatamente ambas as coisas.

 Não vou me ater ao conteúdo das duas falas, infelizes, isso já é assunto de outras estações, o que interessa, nesse ano de escrutínio daqueles que propõe nos governar, é a tranquilidade em negar aquilo que ele, passando longe de ser burro, sabe que está devidamente documentado.

Ciro Gomes tem um talento nato para falar e encantar, – os incautos- sobretudo quando resolve falar de economia, sempre tomando mão de uma verborragia que ás vezes só ele entende, e que muitos fingem entender, mas não porque as plateias de Ciro sejam de pessoas ignorantes, mas porque penso que isso faz parte da sua estratégia: jogar números e mais números, dados e mais dados no ventilador, e fazer isso sem titubear, mostrando segurança. A coisa dá certo, e há muitos por aí falando que Ciro é o mais preparado para governar o Brasil.

Ele pretende ser o candidato das esquerdas, e acho difícil crer que em seu interior não esteja satisfeito com Lula fora da disputa, apesar do que diz publicamente. Desde já, Ciro demonstra que talvez tenha a mesma patologia para a mentira que Lula, que já admitiu em vídeo que viajava pelo mundo citando números exagerados e que ele mesmo inventava, a respeito do Brasil, como quando disse certa vez em Paris que o Brasil tinha 25 milhões de crianças de rua.  

É difícil não concluir que essa patologia para a mentira não inclua aquilo que ele fala em suas divagações contrárias ao “neoliberalismo”, “aos banqueiros”, “ao serviço da dívida”, e tudo o mais incluso no pacote. Para tal constatação, recomendo o trabalho de checagem de fatos a respeito de falas de Ciro feito pelo excelente Mercado Popular, mais especificamente em 3 artigos que tratam das “mentiras de Ciro Gomes” sobre a dívida pública, previdência e metas de inflação.

O nome de Ciro certamente voltará a esse espaço durante este ano eleitoral, mas quando voltar, espero que não seja por estar envolvido em novas mentiras descaras.

Gabriel Wilhelms

Deixe sua opinião