O celular e o Trânsito

Nesta minha resenha falarei sobre o telefone celular e o trânsito novamente, pois já escrevi aqui sobre este assunto algum tempo atrás, até porque muitos dos acidentes que estão acontecendo em Brusque, no Brasil e no mundo tem como pano de fundo este aparelho somado falta de atenção dos motoristas provocado por ele. Hoje é impossível você dá uma volta na cidade, menor que seja, sem observarmos alguém na direção de veículo automotor fazendo uso deste mecanismo.

Nesta última segunda feira tivemos um acidente de trânsito com vítima fatal aqui em Brusque, mais precisamente na rodovia Brusque para Itajaí, próximo a panificadora Sodepan, infelizmente ocasionando nossa 19a morte, segundo informações um trabalhador de 38 anos, pai de três filhos, que retornava de motocicleta do seu dia de labuta para junto dos seus, que teve repentinamente sua pista de rolamento invadida por um automóvel que transitava no sentido contrário, colhendo-o frontalmente e lhe causando óbito ainda no local.

Pelas informações iniciais colhidas, relatam que a condutora dirigia provavelmente sem a devida atenção ao trânsito, ocasionando repentinamente a invasão da pista contrária e o acidente. Aí surge a grande pergunta: o que pode ter lhe tirado a atenção da direção veicular? Como até agora não foi divulgado a verdadeira resposta, por não ter sido ainda constatado ou por questão de sigilo processual e ou pessoal, fica a dúvida e as possíveis e imagináveis respostas, entre elas a mais provável está o uso do aparelho telefônico celular, o qual hoje mais usado para ler e escrever mensagem, ver e passar vídeos, entre outros. Telefonar é o que menos se usa.

Ainda na segunda-feira a noite, por volta das 20 horas na Beira Rio, sentido para o Centro, estava eu transitando de motocicleta nas proximidades do loteamento Malossi quando observo um veículo que transitava a minha frente a chocar-se com o meio-fio da via retornando em seguida ao leito normal da avenida, dando para perceber que o condutor deste veículo estava desatento a direção veicular em virtude do uso do CELULAR, levando um susto quando isso ocorreu.

Em relação ao fato narrado, vamos imaginar se este veículo estivesse numa velocidade mais intensa que ocasionasse a subida ao meio-fio e a invasão do passeio, que devido ao horário e o tempo bom, haviam várias pessoas de variadas idades se exercitando naquele local, ou seja, o resultado final seria drástico, atropelando pessoas inocentes e causando sérios danos, consequência do uso proibido e irresponsável do famigerado telefone CELULAR.

Estudos indicam que este aparelho tão imprescindível ao ser humano nos dias atuais também é o principal vilão no trânsito, um dos maiores responsáveis pelos acidentes viários e a carnificina decorrente destes.

Então tenhamos mais consciência e responsabilidade quanto ao uso deste aparelho, desligando-o, ou deixando no silencioso ou ainda no modo avião, enquanto estivermos na direção veicular, evitando que sejamos a próxima vítima dele ou pior, que façamos outras vítimas de forma totalmente inocente.

FAÇAMOS UM TRÂNSITO MAIS SEGURO E HUMANIZADO!

OTÁVIO MANOEL FERREIRA FILHO

Tenente Coronel da Polícia Militar e Especialista em Trânsito

Deixe sua opinião