Nota de esclarecimento

O Hospital Azambuja, através do seu administrador, Evandro Roza, esclarece aos amigos da imprensa e a comunidade em geral alguns comentários relacionados à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no que se refere à capacidade de internação, principalmente quanto aos leitos.

Hoje o hospital conta com 10 leitos de UTI, sendo seis para SUS e outros três que não estão credenciados, mas devido à necessidade, também são utilizados para internação dos pacientes do Sistema Único de Saúde.

Tais questionamentos se deram, principalmente, após o falecimento, na última semana, do comunicador, Sr José Carlos Natividade, que precisou ser transferido para a cidade de Ituporanga.

Segundo o administrador, “este foi um procedimento normal acompanhado pela central de regulação, pois neste dia a UTI estava com ocupação total de 100%, sendo que nossa média é de 80% de ocupação normal. Informamos que, esta situação não acontece apenas no Hospital Azambuja, a falta de leitos é uma realidade em nossa região e Estado. Destacamos que o Hospital Azambuja está desenhando o novo plano diretor, com ampliação da estrutura física, assim poderemos aumentar nossa capacidade para 20 leitos na UTI adulto e o que temos divulgado constantemente na mídia: a criação da UTI Neonatal que é outra urgência da região, conforme o número de partos que registramos”.

Mais uma vez, lamentamos a perda deste importante profissional da imprensa brusquense, que tanto fez pela comunicação em nossa região, porém destacamos que esta unidade hospitalar cumpriu os trâmites normais de atendimento ao paciente.

Sempre a disposição.

Atenciosamente,

Evandro Roza – Administrador do Hospital Azambuja

Deixe sua opinião