MUTIRÃO DE COMBATE AO CÂNCER DE PELE ATENDE POPULAÇÃO EM BRUSQUE

“Não passo protetor e agora com o passar dos anos algumas manchas apareceram no meu rosto. Não estou muito preocupado, mas minha família insistiu então resolvi consultar”. O relato do aposentado, Jorge Lino de Farias, morador do bairro Limeira se repetiu em algumas análises e diagnósticos feitos pelos profissionais brusquenses durante o mutirão de Combate ao Câncer de Pele.
No mutirão realizado na Policlínica pela Secretaria de Saúde em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 153 pessoas foram atendidas. Os pacientes diagnosticados foram encaminhados para tratamento no SUS. “Hoje foi um dia dedicado especialmente para analisar, diagnosticar e encaminhar aqueles pacientes que tem algum indício da doença”, destaca a secretária de Saúde, Ana Ludvig.   
O Dia de Combate ao Câncer de Pele foi comemorado em todo o país neste sábado (29). A data foi criada a fim de solidificar as ações da Sociedade Brasileira de Dermatologia contra a doença e já tem atendido mais de 360 mil pessoas.
CÂNCER DA PELE

O câncer da pele é o tipo de tumor mais incidente na população: cerca de 25% dos cânceres do corpo humano são de pele. O diagnóstico precoce é muito importante, já que a maioria dos casos detectados no início apresenta bons índices de cura. O tratamento inicial consiste na retirada cirúrgica da lesão e do tecido ao redor. Quimioterapia ou radioterapia são recursos terapêuticos utilizados nos casos mais graves.

Deixe sua opinião