Municípios da fronteira realizam operação com objetivo de coibir o tráfico de drogas, contrabando e descaminho

A área de fronteira em Santa Catarina é um dos principais locais de entrada e de saída dos turistas argentinos, além de se localizar na rota de passagem de veículos que trafegam de Foz do Iguaçu para o Rio Grande do Sul. Neste contexto, e com o objetivo de coibir o tráfico de drogas, o contrabando e o descaminho, entre outros crimes, a 9ª Região de Polícia Militar de Fronteira (RPM/Fron), sediada em São Miguel do Oeste, realizou entre os dias 22 e 23 de fevereiro mais uma edição da operação barreira.

 

A operação foi realizada de acordo com um planejamento que buscou priorizar as ações nos locais de maior trânsito de veículos e de pessoas, sendo montadas barreiras em horários alternados nos acessos de várias cidades, entre elas São Miguel do Oeste, Maravilha e Dionísio Cerqueira.

Durante as ações, os policiais militares abordaram e vistoriaram 220 veículos, sendo também identificadas 290 pessoas. Nos veículos vistoriados, 18 foram notificados por infrações de trânsito diversas.

Foram empregados na operação 37 policiais militares com o apoio de 17 viaturas. Esta operação está inserida dentro de uma série de ações que a Polícia Militar vem realizando na faixa de fronteira buscando o aumento da sensação de segurança com uma presença cada vez mais ostensiva do efetivo policial.

(Texto: tenente-coronel Marcelo de Wallau da Silva | Fotos: 9ª RPM/Fron)

Deixe sua opinião