Muitos que não têm direito procuram agências da CEF no 1º dia de saque do FGTS

Muita gente que não possui conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ou não nasceu em janeiro e fevereiro procurou as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) no primeiro dia de saque. “Apesar do movimento um pouco abaixo da expectativa, já esperávamos por isso: as pessoas estão precisando de dinheiro e acabam vindo na agência sem terem nascido em janeiro e fevereiro ou possuírem conta inativa”, informou Roney de Oliveira Granemann, superintendente da CEF no estado, que conversou com a reportagem da Alesc na tarde desta sexta-feira (10), na agência Lauro Linhares, da Trindade, em Florianópolis.

Granemman enfatizou que somente aqueles que nasceram em janeiro e fevereiro podem sacar os saldos das contas inativas. “Mas não precisa ter pressa, o prazo vai até 31 de julho, inclusive para quem nasceu em janeiro e fevereiro”, frisou o superintendente. Para quem nasceu em março, abril e maio, o prazo para sacar começará em 10 de abril. “E assim sucessivamente com os meses restantes, até 31 de julho”, declarou.

Além disso, se o trabalhador possuir conta na Caixa Econômica Federal, o depósito será automático. “Cerca de 34% dos titulares de contas inativas são correntistas da Caixa”. Quem possui cartão cidadão poderá optar por sacar até R$ 3 mil nos caixas eletrônicos, lotéricas e correspondentes da CEF. Acima de R$ 3 mil o saque deverá ser feito nos caixas das agências e valores superiores a R$ 10 mil só com a apresentação da Carteira de Trabalho.

Checar antes de ir ao banco
Granemann insistiu para que os catarinenses verifiquem se possuem ou não conta inativa antes de procurar a Caixa. “O trabalhador pode olhar sua situação no aplicativo do FGTS ou no site da Caixa Econômica Federal, basta informar o número do CPF e do PIS (Programa de Integração Social). Também pode ver na carteira de trabalho se tem desligamento até 31 de dezembro de 2015”, ensinou o superintendente da CEF no estado, acrescentando que as agências montaram um esquema especial para prestar informações.

Deixe sua opinião