Marcelo Odebrecht presta depoimento sobre acordo de delação premiada

O empresário Marcelo Odebrecht, preso da operação Lava-Jato desde junho de 2015, foi ouvido na manhã desta sexta-feira numa audiência para confirmação da delação premiada do executivo. A oitiva durou cerca de duas horas e ocorreu na sede da Justiça Federal, em Curitiba.

Marcelo começou a ser ouvido por volta das 10h30. Antes dele, Valter Luiz Lana, executivo da regional Sul da empreiteira foi ouvido pelo juiz do Supremo Tribunal Federal (STF). O herdeiro da empreiteira, que está preso na carceragem da Polícia Federal na capital paraense, foi condenado a 19 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

As negociações para que os 77 executivos e ex-executivos fechassem acordo de delação premiada duraram cerca de oito meses. Com a morte do ministro Teori Zavascki em acidente aéreo, os trabalhos da equipe do ministro haviam sido interrompidos, mas foram retomados após a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, autorizar a medida nesta terça-feira.

Ainda não há previsão de indicação de um novo relator para os processos relacionados à Lava Jato no Supremo. O presidente Michel Temer já anunciou que só escolherá o nome do novo ministro que vai compor a Corte após a definição do Supremo sobre o novo relator da investigação.

 

Deixe sua opinião