Mãe é proibida de amamentar filha em UTI para não chocar outros pais

O casal de músicos Yara Villão e Júlio Pelloso passou por um aborrecimento na UTI do Hospital Santa Joana, em São Paulo (SP). Tudo porque ela foi proibida de continuar amamentando a filha recém-nascida devido ao horário de visita masculina. Indignada com a situação, Yara escreveu um post sobre o assunto em seu perfil no Facebook.

“É Carnaval, e é possível ver vários peitos na TV. Enquanto isso, na UTI, sou solicitada a tirar meu bebê do peito, pois é o horário da visita dos pais. Argumento com a enfermeira que se se trata de uma recém-nascida, que demorou para conseguir ajustar a pega e que eu a cobriria com um lençol”, contou. A resposta foi: “Não é permitido, protocolo do hospital. Precisamos contemplar pessoas de todas as crenças e culturas.”

Deixe sua opinião