JOVEM QUE COMETEU CRIME EM GUABIRUBA É CONDENADO A 7ANOS E 8 MESES DE PRISÃO

Foto: Lewvi de Oliveira/Rádio Cidade

Foi julgado e condenado nesta terça-feira (02), Cleomir Martins (20), pelo crime de latrocínio tentado.

Latrocínio é o roubo seguido de morte, neste caso, o crime foi tentado, pois mesmo com três disparos de arma de fogo, a vítima foi atingida no braço, o que acabou qualificando o crime na sua forma tentada.
Cleomir roubou uma motoneta Honda Biz, na noite de 07 de agosto de 2014, em frente a lanchonete do Neto, na cidade de Guabiruba.
A proprietária da motoneta informou o marido do roubo e este saiu em perseguição a Cleomir e um menor que fugiam com a Biz.
Durante o percurso, o esposo da vítima foi alvejado por disparos de arma de fogo que vieram a acertar seu braço. Segundo a acusação da justiça, os disparos tinham como objetivo matar quem estava perseguindo os autores do roubo.
Cleomir foi condenado a pena de 7 anos e 8 meses de prisão em regime fechado, não sendo permitido substituir a pena privativa de liberdade por restritiva de direitos e sem direito de recorrer em liberdade.

Cleomir já estava preso na Unidade Prisional Avançada (UPA), aguardando o julgamento, onde permanece recolhido após o julgamento.

Deixe sua opinião