João Paulo Kleinubing anuncia saída da Secretaria de Estado da Saúde

Parlamentar deve voltar ao seu cago de deputado federal. Governador ainda não divulgou nome do novo secretário

Nesta quarta-feira (21) o secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing, divulgou nota para anunciar sua saída da pasta após dois anos no cargo. Ele deve voltar à sua função de deputado federal em 2017.

O governador Raimundo Colombo ainda não divulgou o nome de quem deve assumir a Secretaria com a saída de Kleinubing.

Confira a nota na íntegra:

Reassumirei meu mandato de Deputado Federal.

Hoje, me despedi da equipe da Secretaria de Estado da Saúde, apesar de cumprir meus últimos compromissos até dia 31/12, e agora comunico que tomei a decisão de reassumir meu mandado de Deputado Federal a partir de Janeiro, deixando assim a função de Secretario de Estado.

Essa foi uma decisão que veio sendo tomada ao longo de 2016. O país atravessa um momento delicado, economia em baixa, impeachment de uma presidente da república, na qual assumi meu mandado para participar das discussões e da votação na Câmara Federal, reformas importantes na pauta do congresso nacional que afetam diretamente a vida de todos nós brasileiros.

Assumo meu mandato, com o dever de representar Santa Catarina, com destaque especial para o Vale do Itajaí e Blumenau, em Brasília. Sinto que devo cumprir esse papel nesse momento, sinto também, que é isso que a sociedade, em especial na região que represento, espera de mim. Trabalharei com enorme dedicação, assim como fiz quando deputado estadual, prefeito de Blumenau e secretario de estado da saúde, batalhando por Santa Catarina, com minhas convicções e atento as vozes da sociedade.

Quero agradecer o Governador Raimundo Colombo pela oportunidade de compor sua equipe nesses 2 anos. Agradecer a todos os funcionários da Secretaria de Estado da Saúde que enfrentam as dificuldades de frente e buscam dar seu melhor para cuidar da saúde dos catarinenses.

De forma especial agradecer minha equipe de Superintendentes e funcionários, diretores de hospitais, e o grande amigo e secretario adjunto, Doutor Murillo Capella, além da rede de hospitais filantrópicos do estado e entidades medicas, que tem da minha parte um enorme respeito e admiração, pelo trabalho dedicado que prestam a Santa Catarina.

Agradeço ainda a parceria dos nossos deputados estaduais e federais em projetos que envolviam demandas da saúde.

Nesses dois anos, com a grave crise que o país atravessa, enfrentamos grandes desafios. O Estado possui 19 unidades hospitalares próprias, cerca de 200 hospitais filantrópicos ou municipais, que são atendidos pelo SUS e tem por parte da SES alguma participação financeira.

A queda na arrecadação diminuiu os valores reais do nosso orçamento, as ordens judiciais aumentam ano a ano e prejudicam o planejamento financeiro da secretaria. Os desafios são enormes, mas mesmo assim tenho certeza que avançamos e estamos no caminho certo.

Com o programa InvestSaúde, investimos R$ 23 milhões de reais para entregar 53 vans para transporte de pacientes e 123 ambulâncias aos municípios e unidades hospitalares de Santa Catarina. Além disso, outros R$ 87 milhões de reais foram investidos em obras e equipamentos para área de saúde de municípios e hospitais filantrópicos. Destaco aqui os R$ 14 milhões liberados para ampliação do Hospital São José de Criciúma.

Faço um destaque especial também a minha cidade de Blumenau que recebeu nesses dois anos, em que estive a frente da Secretaria de Estado da Saúde, pelo programa InvestSaúde mais de R$ 12 milhões;

– Associação Renal Vida – R$ 462.471,00 – Aquisição de Equipamentos
– Hospital Santa Isabel – R$ 2.163.000,00 – Aquisição de Equipamentos
– Prefeitura de Blumenau (ESF Frei João maria e ESF Maria Schlindwein Baumgartner) – R$ 123.600,00
– Prefeitura de Blumenau (ESF Arão Rebelo) – R$ 123.600,00
– Prefeitura de Blumenau (Ambulatório Geral Mario Jorge Vieira) – R$ 123.600,00
– Hospital Misericórdia da Vila Itoupava – R$ 3.759.500,00 – Construção Nova Ala de Internação
– Reforma do Ambulatório Geral da Escola Agrícola – R$ 1.030.000,00
– Reforma e reestruturação da Policlina Lindof Bel – R$ 1.686.645,60 (convenio será assinado nos próximos dias)
– Hospital Santa Isabel – R$ 2.290.503,70 – Reforma e ampliação da UTI

E já garantido para o ano de 2017 para o Hospital Santo Antônio – R$ 5.665.000,00 para a reforma e ampliação da ala de internação e ambulatório da ortopedia

No programa Pacto pela Saúde contém investimentos de cerca de R$ 670 milhões, destaco as obras de ampliação do Hospital Marieta Konder Bornhausen em Itajaí, Hospital Regional Oeste em Chapecó, Hospital Tereza Ramos em Lages e Hospital São Paulo de Xanxerê.

Na gestão da Secretaria, destaco a significativa diminuição de nossa folha de pagamento, otimizando horas extras e horas plantão em nossas unidades. A revisão de valores de contratos, diminuindo o custeio de nossa pasta, diminuição no número de veículos utilizados, compras agrupadas, para melhorar os preços de itens entre outras medidas.

Destaco ainda a inauguração da Nova Escola de Formação em Saúde, que leva conhecimento e prepara profissionais da área para atuar em todo o estado. A nova UTI do Hospital Infantil Joana de Gusmão, novos ambulatórios e o Centro de Diagnóstico de Imagens do Hospital Infantil Seara do Bem em Lages, os 42 novos leitos de internação clínica e cirúrgica do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt de Joinville, a nova UTI do Hospital Maicé de Caçador, a ampliação do Hospital Universitário Santa Terezinha em Joaçaba, ampliação do Hospital e Maternidade Jaraguá além da grande ampliação do Hospital São Jose em Jaraguá do Sul.

Trabalhamos muito nesses dois anos, apesar dos tempos difíceis, para contribuir com prefeituras e hospitais em um melhor atendimento de saúde para os catarinenses. Nesse sentido 3 ações foram as que me marcaram de maneira especial nesse período;

1 – O inicio do serviço de oncologia infantil no Hospital da Criança de Chapecó, evitando assim que as crianças da região oeste se desloquem até Florianópolis para realizar seus tratamentos,
2 – A obra do Centro de Oncologia do Hospital Regional Alto Vale em Rio do Sul, que será inaugurada em 2017 e trará um tratamento mais perto de casa para os moradores daquela região.
3- O helicóptero Arcanjo em Blumenau, atendendo todo o vale do Itajaí, trazendo mais rapidez e salvando vidas no atendimento de urgência e emergência de toda região.

Santa Catarina possui a menor taxa de mortalidade infantil do país, maior longevidade, líder nacional de transplantes e melhor triagem neonatal do Brasil.

Destaques como estes, nos enchem de orgulho, mas reconhecemos nossas dificuldades, e nossos problemas. Saio com a consciência tranquila de ter me dedicado ao máximo a essa nobre missão de servir na Secretaria de Estado da Saúde, desejo um ótimo trabalho ao próximo secretário e a toda equipe da SES.

A partir de janeiro me dedicarei com enorme afinco em meu mandato de deputado federal.

Aos amigos que confiam em nosso trabalho e sempre nos motivam nessa jornada no serviço público, quero apenas deixar meu muito obrigado, dizer que estarei sempre a disposição de Santa Catarina para as missões que vocês acreditarem que eu possa contribuir. Ninguém na vida pública é dono de seu próprio destino, somos guiados pela vontade das pessoas. Seguirei trabalhando firme e com responsabilidade, dando o meu melhor por nossa gente.

O futuro de Santa Catarina, quem constrói é o catarinense! Contem comigo.

Vamos em frente, João Paulo Kleinubing.

Deixe sua opinião