“Integração é a palavra chave”, avalia Delegado Geral da Polícia Civil, em cerimônia de encerramento da Operação Veraneio 2017/2018

Nesta terça-feira, 13, por volta de 14h, ocorreu a cerimônia de encerramento da Operação Veraneio 2017/2018. O evento foi no auditório Lúcia Maria Stefanovich, no Centro Administrativo da Segurança Pública, em Capoeiras, e contou com a presença de diversas autoridades, que prestaram homenagens aos destaques desta edição da Operação e analisaram os resultados obtidos.

 

Neste ano, a Polícia Civil mobilizou um contingente de 633 policiais pelo Estado para coibir o aumento de criminalidade durante o período. Foram três períodos de convocação – do dia 22 de dezembro até o dia 28 de fevereiro. O Delegado Geral, Marcos Ghizoni Jr, apontou durante a cerimônia que, além do uso cada vez mais acentuado de tecnologias avançadas durante ações no Estado, houve uma melhora nítida do atendimento ao turista estrangeiro, inclusive com integração entre embaixada, consulado e Polícia Civil. “Com a incursão de um de nossos policiais no diálogo com o turista estrangeiro, e oferecendo tratamento diferenciado com um agente bilíngue, o discurso de sociedade e segurança ultrapassa o papel. É palpável”, considera o Delegado Ghizoni.

DSC04067

Oficialmente, a Operação Veraneio começou dia 18 de dezembro passado e abrangeu 61 municípios, sendo 29 balneários e 32 cidades com características turísticas como estâncias hidrominerais, fronteiras, entre outros. Neste período, as forças de segurança registraram redução em indicadores de criminalidade, como roubos e furtos.

Deixe sua opinião