Indústria catarinense quer estreitar laços com a Alemanha

Embaixador Georg Witschel foi recebido com honras militares pelo governador e, em visita à FIESC, foi recebido pelo presidente da Federação

O  embaixador da República Federal da Alemanha em Brasília, Georg Witschel, esteve em Florianópolis nesta terça-feira e foi recebido com honras militares no Centro Administrativo do Governo do Estado de Santa Catarina, pelo governador Raimundo Colombo e pelo o secretário de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond. Na visita foi discutida ampliação de oportunidades, parcerias e fortalecimento das relações governamentais e culturais, já que o Estado tem várias regiões com colonização alemã. Investido na representação diplomática de seu País no Brasil em setembro do ano passado, Witschel está percorrendo os diversos Estados brasileiros.

Mais tarde, o embaixador visitou a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) , onde conversou sobre aspectos relacionados à economia do Brasil, de Santa Catarina e da Alemanha, além de ampliação de mercados entre Santa Catarina e o país europeu, com o presidente Glauco José Côrte, o vice-presidente regional Tito Alfredo Schmitt, além de diretores executivos. O secretário de Estado de Assuntos Internacionais do governo catarinense também participou desta recepção.

A força do agronegócio catarinense, a vocação para exportação, o turismo, a cultura e os investimentos, desafios e ações do governo do Estado para superar a crise foram destacados pelo governador.

O secretário Virmond disse que a Alemanha é tradicionalmente um dos maiores parceiros comerciais de Santa Catarina. “Entendemos que a saída para a crise é a exportação. Estamos fazendo um trabalho forte para mostrar que Santa Catarina é sem dúvida a melhor porta de entrada no Brasil, pelos nossos laços culturais, infraestrutura e que pela formação técnica do nosso povo. Podemos oferecer as melhores condições para que os investimentos aportem no nosso Estado e para que possamos ampliar nossas exportações”, informou.

O embaixador Georg Witschel lembrou do acordo de irmanamento de Santa Catarina com o estado alemão da Turíngia e sugeriu que os lados agora trabalhassem para expandir as parcerias. O acordo, assinado em outubro do último ano prevê cooperações nas áreas de economia e comércio, ciência e tecnologia, cultura, educação e administração pública.

Relação comercial entre Santa Catarina e Alemanha

Importação: Os principais produtos importados por Santa Catarina são máquinas e aparelhos para filtrar ou depurar líquidos, máquinas para fiação de matérias têxteis, e cloretos de potássio, máquinas e equipamentos para trabalhar metais, produtos químicas e farmacêuticos.

Exportação: Já na exportação, os principais produtos são fumo, frango, móveis de madeira, motores elétricos, partes superiores para calçados, madeiras coníferas, painéis de madeira, cerâmica revestimento, artigo de cama, mesa e banho e compressores.

Deixe sua opinião