Indústria brusquense voltada à exportação teve recuo superior a 20% no último ano

A fim de entender melhor o desempenho da atividade Industrial da cidade, o Observatório Social de Brusque fez uma análise do desempenho das Indústrias Brusquenses no último ano, com base na transferência de parte (2,5%) dos impostos sobre produtos industrializados (IPI) que retornaram ao município no mês de Janeiro de 2017.
Conforme a Constituição Federal de 1988, em seu artigo 159, inciso II, determina que 10% do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), arrecadados pela União, sejam transferidos aos Estados e ao Distrito Federal, proporcionalmente ao valor das respectivas exportações de produtos industrializados. E do valor transferido pela União, os Estados devem repassados 25% aos seus respectivos municípios.
Isto posto, pesquisadores do Observatório Social levantaram que o montante repassado pelo Estado a Brusque referente a cota-parte do IPI pagos pelas empresas de nossa cidade ao Governo Federal reduziu 22,03%, conforme tabela abaixo, o que pode representar que a atividade industrial em nosso município, voltada para a exportação, decresceu a um patamar bastante significativo.

 

Deixe sua opinião