HOSPITAL AZAMBUJA, MAIS DE UM SÉCULO DESTINADO AOS CUIDADOS DA SAÚDE

Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux, o popular Hospital Azambuja, completou 113 anos na segunda-feira (29), data em que foi inaugurado o Espaço Saúde Azambuja. Um espaço voltado para exames laboratoriais.
Pouco mais de quatro décadas após Brusque ter sido colonizada foi construído um hospital na cidade, o que passaria a trazer mais segurança para os moradores, em uma época onde os recursos médicos comparados com o avanço da medicina do final do século XX, eram extremamente  precários.
O Hospital de Azambuja, como é conhecido, foi inaugurado em 29 de junho de 1902,quando a então Santa Casa de Misericórdia já englobava um pequeno hospital, um asilo, um orfanato e um hospício. Naquele mesmo ano, os atendimentos iniciaram de forma constante com a presença das irmãs da Congregação da Divina Providência.
Hoje tornou-se um dos mais importantes estabelecimentos de saúde da região, atendendo em média 4.700 pessoas por mês. Possui cerca de 10.800 metros quadrados construídos, em três pavimentos e conta com 154 leitos para atender a comunidade, sendo sete leitos na Unidade de Terapia Intensiva. 
O Centro Cirúrgico do Hospital de Azambuja possui cinco salas para a realização dos procedimentos, além de um Centro Obstétrico para atendimento às gestantes e também um moderno Centro de Imagem com tomografia computadorizada, Ultrassom, Raio X e mamografia digital.
Com o intuito de manter o alto nível de seus serviços, o Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux investe na modernização e ampliação de sua infraestrutura, na aquisição de novos equipamentos e na capacitação de sua equipe multidisciplinar. Nosso objetivo é a excelência no atendimento à população.
O Hospital Azambuja como todos conhecem, é do início do século XX. 
Conheça algumas curiosidades da medicina do início do século vinte.
– O Cientista alemão Paul Ehrlich após muito esforço e tentativas—sintetizou o composto à base de arsênico Salvarsan, o primeiro tratamento eficaz para a sífilis, em 1909;
– A descoberta da penicilina se deu de forma acidental, pelo médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming, em 1928;
– Diarréia, Bronquite e Pneumonia eram as maiores causas de morte humana no início do século XX.

– A Descoberta do raio X e a primeira radiografia da história ocorreram em 1895, pelo físico alemão Wilheelm Conrad Rontgen, sete anos antes de ser fundado o Hospital Azambuja, em Brusque.

Deixe sua opinião