Homem morre durante maratona de 24 horas jogando ao vivo no computador

Um streamer de 35 anos chamado Brian “Poshybrid” Vigneault morreu no último dia 19 de fevereiro depois de transmitir partidas do jogo de computador World of Tanks por 22 horas ininterruptas. Seu objetivo era ficar 24 horas jogando e transmitindo ao vivo para arrecadar dinheiro para a fundação Make-A-Wish, que ajuda crianças doentes realizando seus desejos. Na vigésima segunda hora de transmissão ele pediu licença para fumar um cigarro e nunca mais voltou para a frente da câmera. O público que acompanhava via internet achou que ele tinha sucumbido para o sono, já que tinha dado pistas de que estava muito cansado.

Sete horas depois de sumir, um dos moderadores do chat do canal de Vigneault na Twitch mandou uma mensagem perguntando se estava tudo bem. Ele obteve resposta, mas quem teclava do outro lado era um detetive da polícia de Virginia Beach, em Virginia, nos Estados Unidos, onde ele morava. Ele foi encontrado morto, deixando mulher e três filhos, e a causa da morte ainda está para ser determinada. Registros do Twitch mostram que ele estava jogando ao vivo por muitas horas seguidas naquela semana, chegando a transmitir por 20 horas ininterruptas em outra ocasião, informa o site Kotaku.

Deixe sua opinião