GOVERNO DO ESTADO CONFIRMA 401 CASOS DE DENGUE EM SC

Boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) na segunda-feira, 9, informa que de janeiro de 2015 até o momento foram confirmados 401 casos de dengue em Santa Catarina. Deste total, 318 são autóctones (transmissão dentro do Estado), 36 importados (transmissão fora do Estado) e 47 estão em investigação para definir o local de transmissão. Outros 1.285 casos foram descartados por apresentarem resultado laboratorial negativo para dengue.                            
Os 318 casos autóctones registrados no Estado tiveram como local de transmissão Itajaí, que enfrenta um surto de dengue desde janeiro. Os dados apontam que o município apresenta uma taxa de incidência (total de casos novos na população) de 158 casos por 100 mil habitantes. Apesar do aumento na detecção de novos casos nas últimas semanas, observa-se que a transmissão está concentrada nos bairros São Vicente e Cordeiros.
Em Santa Catarina, até o momento, foram identificados 2.304 focos do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença. Os municípios de Chapecó, São Miguel do Oeste, Joinville, Itajaí, Xanxerê, Xaxim, Balneário Camboriú, Pinhalzinho e Itapema são considerados infestados pelo mosquito, definição realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.
Na Semana Epidemiológica (SE) 4 (25 a 31 de janeiro), 66 casos foram confirmados, dos quais 57 autóctones (todos de Itajaí), sete importados e dois estão em investigação. Outros três aguardam resultado laboratorial e 140 foram descartados.
Na SE 5 (1º a 7 de fevereiro), 96 casos foram confirmados, sendo 67 autóctones (todos de Itajaí), oito importados e 21 confirmados estão em investigação. Outros 27 aguardam resultado laboratorial e 318 foram descartados.
Na SE 6 (8 a 14 de fevereiro), 101 casos foram confirmados, sendo 83 autóctones, oito importados e dez estão em investigação para determinação do local de infecção. Outros 88 exames aguardam resultado laboratorial e 275 foram descartados.
Na SE 7 (15 a 21 de fevereiro), 73 casos foram confirmados, sendo 61 autóctones, dois importados e dez em investigação para determinação do local de infecção. Outros 75 exames aguardam resultado laboratorial e 229 foram descartados.

Na SE 8 (22 a 28 de fevereiro), oito casos foram confirmados, sendo três casos autóctones, um importado e quatro casos confirmados estão em investigação. Outros 140 exames aguardam resultado laboratorial e 160 foram descartados.

Deixe sua opinião