Florianópolis sedia I Encontro Estadual de Educação da Diversidade das Relações Étnico Raciais

A Coordenadoria Estadual da Igualdade Racial realiza o I Encontro Estadual de Educação da Diversidade das Relações Étnico Raciais (EducaERER) no Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis, na segunda-feira (13), das 9h às 18h. O objetivo do encontro é debater a implantação das leis 10.639/03 e 11.645/08, que tratam do ensino da história e cultura das populações afrobrasileiras e indígenas no Brasil e da diversidade étnico racial na rede pública de ensino de Santa Catarina.

“O encontro reunirá, pela primeira vez, experiências de ensino da história e cultura afrobrasileira e indígena de todo estado. E isso possibilitará uma troca de informações entre as cidades que já promovem políticas públicas, mas, principalmente, encorajará outras cidades a implantarem tais experiências”, destaca o Sandro Silva, Coordenador Estadual da Igualdade Racial.

O evento é uma promoção da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) Social por meio da Coordenadoria Estadual de Igualdade Racial, Conselho Estadual das Populações Afrodescendentes (Cepa) e Conselho das Populações Indígenas (Cepin). São parceiros e co-executores do evento as coordenadorias de Promoção da Igualdade Racial de Florianópolis, Criciúma, Tubarão, Joinville, Itajaí e Tijucas, os setores de Educação de Diversidade das Reações Étnico Raciais de São José e o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Jaraguá do Sul.

Também está prevista uma mostra dos trabalhos realizados pelas secretarias municipais de Educação na terça-feira (14), com a apresentação de 11 experiências de educação e diversidade étnico raciais. No local, também ocorre a mostra fotográfica dos artesãos que trabalham com a cultura afrobrasileira e indígena; além das editoras e outras instituições com foco na diversidade e cultura étnico racial.

Em São José, por exemplo, a diversidade das relações étnico raciais já é tratada nas escolas. É o caso do Centro de Educação Infantil Maria Ferreira, onde ocorre a visita do baú multicultural – no qual são apresentados livros e outros objetos voltados à temática etnicorracial. “A educação infantil pode ser um espaço coletivo de educação para o respeito e a valorização da diversidade. Nossas crianças precisam ter contato com uma gama de possibilidades para conhecer diferentes culturas, e o baú multicultural foi uma dessas oportunidades”, lembra a coordenadora pedagógica Rosa Silveira.

Programação:

8h às 9h – Credenciamento

9h – Apresentação cultural – performance teatral Toni Edson

9h30min – Mesa de abertura – Secretário Geraldo Althoff, secretário Estadual de Educação, coordenador Estadual da Igualdade Racial, presidente da Comissão da Igualdade Racial da OAB/SC, presidente do Federer, presidente do Cepa e presidente do Cepin.

Apresentações – BLOCO 1 – Coordenadora de Mesa: Janaina Amorim

10h – Palestrante Simone Vanzuita – Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina
Tema: Relações Étnico Raciais: Orientações, leis e práticas nas instituições de educação infantil

10h20min –Profª Helena Alpini – Secretaria de Estado da Educação
Tema: Lei 11.645/08 – Ensino da História e Cultura dos Povos Indígenas

10h40min – Apresentação cultural – Giselle Marques

11h – Apresentação 1 – Secretaria de Educação do Município de Itajaí – “O legado da Cultura Afrobrasileira para a Sociedade Itajaiense”

11h20min – Apresentação 2 – Secretaria de Educação do Município de Criciúma

11h40min – Debate

12h10min – Intervalo

13h30min – Documentário Antonieta de Barros

Apresentações – BLOCO 2 – Coordenadora de Mesa: Graziela Gonçalves

14h – Apresentação 3 – Secretaria de Educação do Município de Florianópolis – Educação para as relações etnicorraciaia na educação infantil: possibilidades nas ações pedagógicas

14h20min – Apresentação 4 –Escola Indígena de Ensino Fundamental Itaty (Morro dos Cavalos/Palhoça) – Visão Guarani sobre o Território

14h40min – Apresentação 5 – Secretaria de Educação do Município de São José – Práticas da Diversidade na Educação Infantil e Projeto Baú Multicultural

15h – Debate

15h20min – Intervalo

Apresentações – BLOCO 3 – Coordenadora de Mesa: Alessandra Bernardino

15h40min – Apresentação cultural – Performance indígena

16h – Apresentação 6 – Secretaria de Educação do Município de Jaraguá do Sul – O Processo de Implantação da Lei 10.639/03 e 11.645/08 na Rede De Ensino de Jaraguá do Sul

16h20min – Apresentação 7 – Secretaria de Educação do Município de Tubarão – Viva mais Educação

16h40min – Debate – Propostas de Avanços

17h – Considerações finais e encerramento

*Programação sujeita a alterações

Deixe sua opinião