Evento multidisciplinar inicia com debate sobre Educação e o Poder

Um diálogo multidisciplinar que traz profundas reflexões. Assim pode ser definido o UNIFEBE DEBATE: o Poder, que iniciou nesta segunda-feira, 6 de agosto e terá continuidade até o dia 10. O evento é gratuito, aberto à comunidade e é realizado no campus Santa Terezinha, das 19h às 22h.

Na primeira noite a temática discutida foi sobre a Educação e o Poder. A relações públicas e professora do curso de Publicidade e Propaganda, Luana Franciele Fernandes Alves abordou o “Eu e o Outro na Educação”, o professor doutor em Ciências Humanas, Wellington Lima Amorim apresentou a “Universidade no Século XXI: novas realidades” e o coordenador de Publicidade e Propaganda da UNIFEBE, Rafael Zen trabalhou o “Poder, Identidade e Delírio”.

— A minha fala foi voltada para a alteridade, o Eu e o Outro na Educação, de não olhar somente para si, e sim como os outros nos completam e como nós complementamos os demais para nos tornarmos sujeitos que somos, e isso na educação é fundamental — explica Luana.

Amorim destaca que o foco foi discutir as relações de poder que vêm ocorrendo nos últimos 70 anos dentro das universidades, tanto no ensino público ou privado, no modelo europeu e no modelo brasileiro.

— A intenção foi fazer uma genealogia de como chegamos ao ponto que estamos hoje no ensino, principalmente no ensino público, onde há registros de vários eventos de agressão, ataque e perseguição — salienta.

O reitor da UNIFEBE, professor doutor Günther Lother Pertschy prestigiou o evento e ressalta como é bom discutir na Universidade a questão do poder em diversas áreas.

— Quando um ser humano se deixa seduzir pelo poder ele o transforma, e muitas vezes essa transformação pode ser para o bem ou para o mal. Teremos uma semana de reflexão, para aprofundar e trazer a conscientização deste importante tema — afirma.

O evento

Organizado pelo curso de Publicidade e Propaganda e pelo Núcleo de Pesquisa em Comunicação e Cultura (NPCC), o UNIFEBE DEBATE traz durante uma semana temas de interesse multidisciplinar. Nesta edição, o evento é realizado a partir de uma ótica do filósofo francês Michel Foucault.

— Para ele, o poder não é uma coisa que a gente tinha, o poder é algo que a gente exerce entre as pessoas. Nesta semana estaremos com 15 debatedores, debatendo cinco temáticas diferentes. É o primeiro evento que é lançado nesta característica e convidamos toda a comunidade para prestigiar — convida Zen.

Programação

* Identidade, cultura e poder

– O Documentário Brasileiro: Subjetividade e Desconstrução | Ricardo Weschenfelder

– Literatura e Contracultura: Poéticas do Contra-ataque | Juan Dominguez

– O Local da Cultura em Homi Bhabha | Álisson Castro

Quando? Terça-feira, 7 de agosto

Onde? Auditório Bloco C, a partir das 19h

* Conhecimento é poder

– Conhecimento e Emancipação do Sujeito | Claudemir Lopes

– Analfabetismo Funcional e sua Eterna Servidão | Luiz Ozawa

– Clínica e Poder | Paulo Ferrareze Filho

Quando? Quarta-feira, 8 de agosto

Onde? Auditório Bloco C, a partir das 19h

* Arte sobre e contra o poder

– Arte, História e Sociedade: a Construção do Pensamento | Vania Gevaerd

– Artivismo: o Espaço Poético das Lutas Identitárias | Rafael Zen

– Isto é Arte? | Silvia Teske

Quando? Quinta-feira, 9 de agosto

Onde? Auditório Bloco C, a partir das 19h

*Mulheres sob e sobre o poder

– Empoderamento Feminino: um Olhar Interseccional | Daíra de Jesus

– Posso Falar? | Rafaela Kohler

– A Ilusão do Empoderamento | Giselle Zambiazzi

Quando? Sexta-feira, 10 de agosto

Onde? Auditório Bloco C, a partir das 19h

Deixe sua opinião